Cacalo: "Ao Grêmio, é proibido jogar mal" - Grêmio - Esporte - Diário Gaúcho

Versão mobile

 

Paixão tricolor08/10/2018 | 07h00Atualizada em 08/10/2018 | 07h00

Cacalo: "Ao Grêmio, é proibido jogar mal"

Impressionante como sempre voltam as críticas nas jornadas ruins do Tricolor

Cacalo: "Ao Grêmio, é proibido jogar mal" Félix Zucco/Agencia RBS
Maicon não conseguiu mostrar bom futebol na Arena Foto: Félix Zucco / Agencia RBS
Cacalo Silveira Martins
Cacalo Silveira Martins

cacalo@diariogaucho.com.br

Fico sempre impressionado com quantos saem do armário quando o Grêmio não joga bem. E não me refiro tão somente aos oportunistas que ficam escondidos nas moitas, esperando uma chance de fazer críticas, esquecendo por inteiro o contexto tricolor. Falo aqui também dos gremistas, ou que se dizem gremistas, que saem das tocas e começam com críticas injustas e carregadas de falsa isenção.

Leia mais
Exame nesta segunda-feira definirá se Everton será cortado da Seleção 
Renato fala em preocupação com lesões de Everton e de Grohe e lamenta erros contra o Bahia: "A bola pune"
Adversário do Grêmio na Libertadores, River Plate vence e avança à semi da Copa Argentina

Neste momento, ambos os setores referidos dizem que são realistas e necessitam criticar. Ora, por favor! O Grêmio vinha de seis vitórias consecutivas em duas competições. E invicto o mesmo número partidas. Mas, para o Grêmio, é absolutamente proibido jogar mal. Aí aparecem donos da verdade, que apontam soluções mágicas: este no lugar daquele, retira fulano, altera o esquema. Enfim, não conseguem conter a mágoa com o Tricolor.

Sabemos todos, e alguns fazem questão de não lembrar, que o elenco gremista não é o melhor nem o mais numeroso dos times brasileiros. Mas os abutres esquecem. Ainda assim, é o clube com mais títulos no país nos últimos dois anos. No entanto, não importa. O que vale e se exige é que o Grêmio ganhe tudo.

Vamos olhar para a frente

Se não for assim, caem de críticas. Mesmo jogando mal contra o Bahia, escrevi na coluna de final de semana que os atletas gremistas são extremamente profissionais. Eles suaram sangue em busca de reação e da eventual vitória, que não veio.

Vamos olhar para a frente. Temos Libertadores e buscamos o inédito tetracampeonato, sem esquecer de beliscar o Brasileirão.

 
 
 
 
 
 
 
Diário Gaúcho
Busca
clicRBS
Nova busca - outros