Cacalo: "Grêmio passa por estresse emocional com o Brasileirão" - Grêmio - Esporte - Diário Gaúcho

Versão mobile

 

Paixão Tricolor27/10/2018 | 07h00Atualizada em 27/10/2018 | 07h00

Cacalo: "Grêmio passa por estresse emocional com o Brasileirão"

Enquanto deveria descansar, o Tricolor precisa entrar em campo neste sábado

Cacalo: "Grêmio passa por estresse emocional com o Brasileirão" Lucas Uebel/Grêmio,Divulgação
Tricolor vai com time misto para o jogo da Arena Foto: Lucas Uebel / Grêmio,Divulgação
Cacalo Silveira Martins
Cacalo Silveira Martins

cacalo@diariogaucho.com.br

Neste sábado, o Grêmio volta a jogar pelo Brasileirão contra o Sport, na  Arena, com seu time alternativo. Nós, torcedores, e os profissionais gremistas estamos vivendo um forte estresse nas nossas emoções. Quando parecia que teríamos uma folga até terça-feira, para reequilibrarmos as forças visando o jogo contra o River Plate, reaparece o Campeonato Brasileiro.

Leia mais
Grêmio x Sport: horário, como assistir e tudo sobre o jogo da 31ª rodada do Brasileirão
Com Kannemann, reservas do Grêmio enfrentam Sport mirando o G-4
Mano a Mano: quem leva a melhor entre Grêmio e River Plate

Pensava eu: vamos com reservas, precisamos manter nossa posição entre os primeiros, o adversário vive um momento delicado e teremos um jogo relativamente tranquilo, pelo menos em nível de pressão. Enganei-me redondamente. A gloriosa CBF divulgou números oficiais acerca das equipes que mais foram beneficiadas por arbitragens. Como todo mundo já sabia, confirmou-se quem é o campeão de benefícios de arbitragens. Raciocinem e concluam: quem poderá ser?

Fica definitivamente esclarecido que este campeonato está devidamente contaminado, porque há clubes declarada e oficialmente favorecidos por erros de arbitragens. Que campeonato é esse? Desmoralizado e, agora, contaminado por manifestação oficial da organização.

Sempre os mesmos

Com certeza, haverá pessoas que dirão que árbitros são humanos e que erram para todos os lados. Realmente são, mas a incompetência sempre favorece os mesmos. Não há desonestidade, apenas incompetência e, coincidentemente, a banca paga e não recebe, ao contrário do que dizem alguns isentos.

Precisava descontrair com os amigos leitores porque penso que, pela primeira vez, a própria entidade assume que há clubes beneficiados. Divertido, não?

Assine GaúchaZH e fique por dentro de tudo o que acontece com a dupla Gre-Nal. Acesso ilimitado ao site!

 
 
 
 
 
 
 
Diário Gaúcho
Busca
clicRBS
Nova busca - outros