Cacalo: "O futuro do Grêmio na Libertadores" - Grêmio - Esporte - Diário Gaúcho

Versão mobile

 

Paixão tricolor23/10/2018 | 11h01Atualizada em 23/10/2018 | 11h01

Cacalo: "O futuro do Grêmio na Libertadores"

Renato terá de resolver problema no meio-campo para armar a equipe contra o River

Cacalo: "O futuro do Grêmio na Libertadores" Fernando Gomes/Agencia RBS
Técnico comanda Grêmio contra os argentinos Foto: Fernando Gomes / Agencia RBS
Cacalo Silveira Martins
Cacalo Silveira Martins

cacalo@diariogaucho.com.br

Passa pelo jogo de hoje à noite o futuro do Grêmio na Libertadores. Enfrentar o River Plate na Argentina, um clube que vive grande momento, não é fácil. Ainda mais sem Everton e, talvez, sem Luan. São dois jogadores diferenciados, que, além de marcarem gols, prestam assistências aos colegas.

Leia mais
Cacalo: "Tudo é Libertadores"
Cacalo: "Arthur foi uma perda irreparável para o Tricolor"
Cacalo: "Centroavante, uma necessidade básica"

Não será desta vez que o Grêmio vai fugir de suas responsabilidades. Sem medo, acreditando na sua história e trajetória, o Tricolor vai ao confronto ciente da dificuldade, mas de cabeça erguida e peito aberto, jogando para vencer. Não vai se acovardar e só entrar em campo para não perder, pois isso não faz parte da campanha gremista. 

Respeitará o adversário, mas com certeza também se fará respeitar. E, voltando de Buenos Aires com resultado razoável, trará a decisão para a Arena, com a torcida ao seu lado. Todos os gremistas, de todos os quadrantes, estão passando toda a energia do mundo aos nossos atletas, que mais uma vez saberão honrar a gloriosa camisa das três cores. 

Defendendo o título

Penso que eventuais problemas na equipe, com lesões e alguns atletas há algum tempo sem jogar, fará com que redobrem o sacrifício e a vontade de vencer. Assim nos conta a história e assim vencemos verdadeiras guerras na própria Argentina, na Libertadores.

Desta forma, estaremos devidamente mobilizados para superarmos os obstáculos que possam surgir. Nossos atletas são verdadeiros profissionais, no sentido literal da palavra.
E, como tal, demonstrarão todo esforço e dedicação em campo. Queremos o tetra inédito para confirmar a supremacia na América.

Leia outras colunas da seção Paixão tricolor 


 
 
 
 
Diário Gaúcho
Busca
clicRBS
Nova busca - outros