Cacalo: "Somente não chegamos ao tetra pela falcatrua promovida pela Conmebol" - Grêmio - Esporte - Diário Gaúcho

Versão mobile

 

Paixão Tricolor01/12/2018 | 07h00Atualizada em 01/12/2018 | 07h00

Cacalo: "Somente não chegamos ao tetra pela falcatrua promovida pela Conmebol"

Há um ano atrás, estávamos comemorando o tricampeonato inédito da Libertadores

Cacalo: "Somente não chegamos ao tetra pela falcatrua promovida pela Conmebol" LUCAS UEBEL/GREMIO FBPA/LUCAS UEBEL/GREMIO FBPA
Para coroar a comemoração, ela ocorreu no dia da renovação do contrato do técnico multicampeão Renato Portaluppi Foto: LUCAS UEBEL/GREMIO FBPA / LUCAS UEBEL/GREMIO FBPA
Cacalo Silveira Martins
Cacalo Silveira Martins

cacalo@diariogaucho.com.br

Foram tantos os fatos dos últimos dias que não tive condições de comemorar aqui no espaço da coluna o aniversário do tricampeonato da Libertadores. Futebol, todos nós sabemos, é um esporte e existe uma disputa entre adversários, e o objetivo é vencê-los. Conquistar títulos é a vitória suprema para um clube de futebol. 

Leia mais
O domingo em que a torcida do Grêmio irá à Arena para reverenciar Renato Portaluppi
"Precisamos melhorar o nível do nosso elenco", diz executivo do Grêmio
Renato confirma "sinal verde" de Romildo por reforços: "Falamos de alguns nomes interessantes"

Por isso, todos nós, gremistas, estamos comemorando o ano decorrente da conquista de um tricampeonato inédito da competição sul-americana. Somente outros dois clubes no Brasil foram capazes de obter tal feito. E, para coroar a comemoração, ocorreu no dia da renovação do contrato do técnico multicampeão Renato Portaluppi

Quem não lembra dos golaços de Luan, das jogadas brilhantes de Everton e das atuações soberbas de Geromel e Kannemann. Tenho que referir, ainda, aquela defesa extraterrena realizada por Marcelo Grohe num jogo contra o Barcelona-EQU. E somente não chegamos ao tetra neste 2018 pela falcatrua que foi promovida pela Conmebol, com desrespeito às regras jamais visto.

Projetar o tetra

Trata-se, assim, de uma comemoração justa e merecida, pelo qual cumprimento o presidente Romildo em nome de toda a sua diretoria e dos profissionais gremistas. E, como já estamos classificados para a Libertadores do próximo ano, começamos, desde já, a partir da renovação de Renato, a projetar a busca pelo tetra. 

Como escrevi na coluna de sexta-feira (30), precisamos de reflexão, reforços e renovação de propósitos para a supercompetição sul-americana, apesar dos problemas que a própria Conmebol criou para ela.

 
 
 
 
 
 
 
Diário Gaúcho
Busca
clicRBS
Nova busca - outros