Cacalo: futebol bem jogado na vitória do Grêmio sobre o Veranópolis - Grêmio - Esporte - Diário Gaúcho

Vers?o mobile

 
 

Paixão Tricolor26/02/2019 | 07h00Atualizada em 26/02/2019 | 07h00

Cacalo: futebol bem jogado na vitória do Grêmio sobre o Veranópolis

Tricolor está encaminhado para a estreia na Libertadores

Cacalo: futebol bem jogado na vitória do Grêmio sobre o Veranópolis Isadora Neumann/Agencia RBS
Marinho fez dois gols e foi o grande nome na Arena Foto: Isadora Neumann / Agencia RBS
Cacalo Silveira Martins
Cacalo Silveira Martins

cacalo@diariogaucho.com.br

O Grêmio realizou muito boa partida nesta segunda-feira (25). Trocou passes de forma consistente e com produtividade. Manteve a posse de bola, sempre esperando uma brecha para atacar o Veranópolis e revezou jogadas por ambas as pontas. A grande noticia foi Marinho, marcando dois gols.

Leia mais
Cotação GZH: veja as notas dos jogadores do Grêmio na vitória sobre o Veranópolis
Ouça os gols do Grêmio na vitória sobre o Veranópolis
"Não adianta empresário vir aqui tumultuar", diz Renato sobre saída de Tetê

O time foi muito bem e mostrou que está preparado para a estreia na Libertadores. Teve conjunto, entrosamento e qualidade técnica. Encheu de esperanças o torcedor gremista.

Em busca de igualdade

Quando retornei de férias, apelei para que houvesse um equilíbrio de forças no Gauchão. Relatei, inclusive, que me sentia esgotado em cansar os leitores por falar tantas vezes neste mesmo assunto – ou seja, os benefícios que um mesmo clube recebe no campeonato, em detrimento dos demais. Fiz questão de citar alguns casos.

Pois, a desfaçatez alcançou todos os limites. Diria que superou eles. Depois de tantas vantagens ilícitas, no final de semana foi marcado para o mesmo clube um pênalti absolutamente ridículo. Não estou falando em desonestidade, porque nem se fosse desonesto um árbitro marcaria um lance daqueles, como o que foi assinalado contra o Avenida.

Sempre achei que pressões inatas levariam a tendenciosas decisões, até de forma inconsciente. Mas chegou a hora de dar um basta. É preciso que se reveja o desequilíbrio da competição.

Ora, falar em "erros humanos" e que "a banca paga e recebe" chega a ser um escárnio, um deboche, aos torcedores.

Assine GaúchaZH e fique por dentro de tudo o que acontece com a dupla Gre-Nal. Acesso ilimitado ao site!

 
 
 
 
 
 
 
Diário Gaúcho
Busca
clicRBS
Nova busca - outros