José Augusto Barros: "Tardelli pode ser o grande reforço do ano" - Grêmio - Esporte - Diário Gaúcho

Vers?o mobile

 
 

Paixão Tricolor09/02/2019 | 07h00Atualizada em 09/02/2019 | 07h00

José Augusto Barros: "Tardelli pode ser o grande reforço do ano"

 Renato Portaluppi deu pistas de que a negociação realmente está acontecendo

José Augusto Barros: "Tardelli pode ser o grande reforço do ano" Luneng/Divulgação
Números do atacante na China são excelentes Foto: Luneng / Divulgação

Além dos preparativos para o jogo contra o Avenida, neste domingo, que pode dar o primeiro título de 2019 para o Grêmio, a sexta-feira (8) trouxe uma notícia que pode mudar os rumos do time neste ano. Em entrevista, Renato Portaluppi deu pistas de que a negociação com Diego Tardelli, realmente, está acontecendo, quando informou que o atacante sonha em trabalhar com ele antes de encerrar a carreira.

Leia mais
Os bastidores da tentativa do Grêmio para contratar Diego Tardelli
"Obcecado" por taças, Renato promete volta olímpica caso Grêmio vença a Recopa Gaúcha
Corpo de Bombeiros garante que CTs de Grêmio e Inter estão em dia com o PPCI

Mais tarde, veio a informação do colega Luís Henrique Benfica, dando conta de que o Grêmio avaliou como positiva a reunião com representantes do atacante e que espera superar as pendências em um novo encontro. 

Pois bem, como não sabemos mais detalhes, não há como ter certeza se ele virá ou não. Mas, de qualquer maneira, a entrada do clube em um negócio desse tamanho, rivalizando com times do centro do país, mostra mais um acerto da gestão do presidente Romildo Bolzan Júnior, que pensa grande. 

Mesmo que, eventualmente, ele não venha para o Tricolor, o clube mostra que o grupo não está fechado e que busca um grande atacante. Caso o negócio saia, Bolzan "atenderá" ao pedido deste colunista interino: abrirá o cofre na hora certa

Atacante de primeira

No futebol brasileiro, Tardelli é um jogador de outra turma, viria para agregar uma qualidade que poucos times aqui do país têm em seu grupo. Além disso, seus 50 gols em 92 jogos na China são números excelentes. Sei que o futebol jogado por lá não é de primeiro mundo, mas, se fizer metade desses gols com a camisa do Grêmio, sua contratação já terá se justificado.

-->
 
 
 
 
 
 
 
Diário Gaúcho
Busca
clicRBS
Nova busca - outros