Cacalo: Renato sabe que o Grêmio está desprotegido defensivamente - Grêmio - Esporte - Diário Gaúcho

Vers?o mobile

 
 

Paixão Tricolor14/03/2019 | 07h00Atualizada em 14/03/2019 | 07h00

Cacalo: Renato sabe que o Grêmio está desprotegido defensivamente

Na entrevista coletiva depois da derrota para o Libertad, o treinador falou sobre a questão no lado direito de ataque do time

Cacalo: Renato sabe que o Grêmio está desprotegido defensivamente Félix Zucco/Agencia RBS
Entrada de Marinho na vaga que era de Ramiro fragilizou o meio-campo tricolor Foto: Félix Zucco / Agencia RBS
Cacalo Silveira Martins
Cacalo Silveira Martins

cacalo@diariogaucho.com.br

Duvido que, num prazo médio, o Grêmio consiga repetir uma atuação tão ruim como a de terça-feira (12) à noite. Tudo deu errado, em todos os sentidos. O maior exemplo é que o melhor zagueiro brasileiro foi ultrapassado pelo atacante paraguaio no gol do Libertad. Mas, com um pouco de racionalismo, podemos aprender algo com as derrotas, mesmo que o ideal seja aprender com as vitórias. 

Leia mais
Michel não preocupa para o Gre-Nal, e Marinho segue em observação
Tardelli projeta seu primeiro Gre-Nal: "Vai ser especial"
Com mais tempo em campo, Luan tem números inferiores a Jean Pyerre e Diego Tardelli na Libertadores

A entrevista concedida pelo técnico Renato Portaluppi depois do jogo endossou aquilo que já afirmei em várias oportunidades. Nosso técnico tem ciência de que a equipe ficou mais desprotegida defensivamente, especialmente no setor de meio-campo, com a troca de um volante que fazia a armação — Ramiro — por um atacante que teria de marcar — Marinho.

Claro que o poderio ofensivo do time aumentou, porque Marinho é muito bom atacante, mas fragilizou o meio-campo, pois Ramiro era mais marcador. São características muito diferentes e isso está sobrecarregando os volantes Maicon e Michel. 

Temos um 4-3-3

O mais importante é que Renato sabe dessa questão tática e tem inteligência o suficiente para resolver o problema. Atualmente, temos um esquema 4-3-3 ofensivo, pois Marinho e Everton são atacantes que fazem bem a marcação de laterais, mantendo um certo vazio no meio-campo. Junta-se a isso as más atuações individuais, deu no que deu.

 
 
 
 
 
 
 
Diário Gaúcho
Busca
Imprimir
clicRBS
Nova busca - outros