Cacalo: venceu quem jogou melhor na Arena - Grêmio - Esporte - Diário Gaúcho

Vers?o mobile

 
 

Paixão Tricolor13/03/2019 | 07h00Atualizada em 13/03/2019 | 07h00

Cacalo: venceu quem jogou melhor na Arena

Maioria dos jogadores do Grêmio esteve abaixo de suas possibilidades contra o Libertad

Cacalo: venceu quem jogou melhor na Arena Marco Favero/Agencia RBS
Tricolor esteve irreconhecível na noite de terça-feira (12) Foto: Marco Favero / Agencia RBS
Cacalo Silveira Martins
Cacalo Silveira Martins

cacalo@diariogaucho.com.br

O Libertad foi melhor do que o Grêmio e venceu merecidamente o jogo de terça-feira (12), na Arena. O Tricolor esteve irreconhecível. A maioria dos jogadores atuou muito abaixo de suas possibilidades. O time errou vários passes e teve poucas conclusões certas ao gol adversário. Quero, no entanto, ressalvar a atuação de Kannemann. Não perdeu sequer um lance no combate aos adversários. Desistir jamais, daqui para a frente.

Leia mais
Cotação GZH: veja as notas dos jogadores do Grêmio na derrota para o Libertad
Depois de 10 jogos, Grêmio perde invencibilidade na temporada
Jogadores do Grêmio avaliam início negativo na Libertadores: "Não tem nada perdido"

A semana Gre-Nal

Os tempos mudaram, e como mudaram. Antigamente, quando havia Gre-Nal no final de semana, durante os sete dias que o antecedia, não havia outro assunto nos meios esportivos. O clássico era o grande acontecimento, pois era disputado somente pelo Gauchão, que era a competição mais importante. 

A imprensa mantinha seus setoristas rigorosamente atentos a tudo o que acontecia nas coisas internas da Dupla. As rádios transmitiam diariamente os treinamentos dos times, acompanhando todos os fatos e novidades que pudessem surgir. Os repórteres eram muito bem informados. Havia o Gre-Nal do Dia dos Pais, do Dia das Mães, enfim, qualquer data era relacionada ao clássico.

A rivalidade existia e era forte. Porém, tínhamos estádios divididos meio a meio, com ambas as torcidas presentes. Atualmente, salvo em situações especiais, deixou de existir, com a força que havia, a tal semana Gre-Nal, mesmo que haja clássico no domingo. Um dos principais motivos é a coincidência de várias competições ao mesmo tempo, que de certa forma vulgarizou o Estadual e o próprio clássico, cuja importância se sobrepõe em momentos próprios.

 
 
 
 
 
 
 
Diário Gaúcho
Busca
clicRBS
Nova busca - outros