Cacalo: Gre-Nal 419 foi parelho, e fica tudo para a Arena - Grêmio - Esporte - Diário Gaúcho

Vers?o mobile

 
 

Paixão Tricolor15/04/2019 | 09h07

Cacalo: Gre-Nal 419 foi parelho, e fica tudo para a Arena

Empate em 0 a 0 mostrou que Grêmio e Inter se preocuparam mais em não perder

Cacalo: Gre-Nal 419 foi parelho, e fica tudo para a Arena André Ávila/Agencia RBS
Geromel foi um dos destaques do Grêmio no clássico Foto: André Ávila / Agencia RBS
Cacalo Silveira Martins
Cacalo Silveira Martins

cacalo@diariogaucho.com.br

Foi um jogo relativamente igual, com poucas chances de gol de lado a lado, especialmente com chutes de fora da área. Por jogar em casa, o Inter tentou manter a iniciativa, mas o Grêmio respondeu dentro do possível. As defesas sobressaíram, e ambas as equipes foram de certa forma tímidas para buscar o gol da vitória.

Com certeza, os dois lados tiveram o devido cuidado em não perder, na medida em que haverá outra partida decisiva, nesta quarta-feira. Aí, sim, que o título se decide.

Everton fez boas tentativas pelo lado tricolor, e Nico López, por sua vez, pelo lado colorado, arriscou em arremates de longe. Paulo Victor talvez tenha sido mais exigido que o goleiro do Inter e saiu-se muito bem ao parar os ataques colorados.

Como costuma acontecer no Grêmio, preciso destacar o zagueiro Kannemann, que, junto de Geromel, teve uma atuação segura.

FICOU TUDO PARA A ARENA — Foi um jogo mais de meio-campo, com poucas jogadas de franca ousadia, bem típico de um Gre-Nal parelho como o de ontem. De qualquer sorte, para o Grêmio foi um bom resultado, pois conseguimos segurar a dita melhor equipe da Libertadores. Que, desta vez, enfrentou um time tricampeão da mesma Libertadores, ao contrário de seus adversários naquela competição.

Tudo fica transferido para o segundo clássico, na Arena. Um detalhe: devemos elogiar, no contexto geral, o respeito mútuo dentro de campo entre os atletas dos dois times.

 
 
 
 
 
 
 
Diário Gaúcho
Busca
clicRBS
Nova busca - outros