Arthur será a principal atração da Seleção contra a Venezuela - Grêmio - Esporte - Diário Gaúcho

Vers?o mobile

 
 

Copa América18/06/2019 | 08h00Atualizada em 18/06/2019 | 08h00

Arthur será a principal atração da Seleção contra a Venezuela

Volante ex-Grêmio retorna ao time titular nesta terça-feira, na Fonte Nova

Arthur será a principal atração da Seleção contra a Venezuela Lucas Figueiredo / CBF/Divulgação/CBF/Divulgação
Arthur será titular contra os venezuelanos Foto: Lucas Figueiredo / CBF/Divulgação / CBF/Divulgação

Depois de quase ter sido cortado da Seleção Brasileira, Arthur será a principal atração da equipe de Tite contra a Venezuela. O ex-volante do Grêmio deve jogar numa postura diferente daquela em que atua no Barcelona, ficando mais na armação de jogadas, com passe qualificado e distribuindo a bola. 

Leia mais
As razões dos fracassos de público no amistoso da Seleção e no primeiro jogo da Copa América em Porto Alegre
Matheus Henrique se firmou como ponto de equilíbrio da seleção olímpica em Toulon
Tite não confirma escalação contra a Venezuela, e diz que espera "mais carinho" se Seleção voltar a Porto Alegre

Exatamente como jogava no Grêmio, com pouca chegada na frente, dando liberdade para Daniel Alves avançar mais para o ataque. Quanto a Everton, que entrou muito bem contra os bolivianos, Tite vai manter David Neres como titular. 

O Cebolinha merecia iniciar a partida. A previsão é de um jogo um pouco mais difícil do que contra a Bolívia. Nada que signifique algo diferente de uma nova vitória e a confirmação posterior do primeiro lugar do Grupo A. 

REFORÇO — A informação trazida pelo repórter Eduardo Gabardo do interesse do Grêmio em Lucas Silva, do Cruzeiro, seria um baita negócio. Com passe qualificado, ele é uma ótima opção para suprir as ausências de Matheus Henrique e Maicon. Os problemas: a liberação do Real Madrid, o alto custo do salário e a concorrência de times do Exterior. Penso que vale o esforço do Tricolor.

OLHO NELES — A primeira amostragem do Uruguai na Copa América foi vigorosa, com a goleada por 4 a 0 sobre o Equador. Claro que se deve dar um desconto com relação à qualidade dos equatorianos. A dupla de ataque Cavani & Suárez e o comando do mestre Óscar Tabárez fazem toda a diferença. Aposto que a Celeste será o principal inimigo do Brasil na briga pelo título da competição. 

Ainda não tem o app Colorado ou Tricolor GaúchaZH? Acesse todas as informações sobre o Inter ou o Grêmio na palma da sua mão!  

 
 
 
 
 
 
 
Diário Gaúcho
Busca
clicRBS
Nova busca - outros