Cacalo: Renato tem de reinventar a forma de jogar da equipe do Grêmio - Grêmio - Esporte - Diário Gaúcho

Vers?o mobile

 
 

Paixão Tricolor03/06/2019 | 07h00Atualizada em 03/06/2019 | 07h00

Cacalo: Renato tem de reinventar a forma de jogar da equipe do Grêmio

Time tricolor perdeu muitas chances de gol contra o Bahia

Cacalo: Renato tem de reinventar a forma de jogar da equipe do Grêmio Romildo de Jesus/Futura Press/Folhapress
Renato terá de mudar o time Foto: Romildo de Jesus / Futura Press/Folhapress
Cacalo Silveira Martins
Cacalo Silveira Martins

cacalo@diariogaucho.com.br

Fiquei com a impressão de ter assistido a duas partidas diferentes no sábado. Mesmo com a enorme quantidade de desfalques, houve predomínio do Grêmio na primeira etapa, com claras chances de gol. Estive o tempo todo apenas esperando a hora em que o Tricolor iria fazer um a zero. 

Leia mais
Após notícias sobre interesse do Porto, dirigente do Grêmio garante: "Não recebemos proposta por Luan"
Juninho Capixaba leva o terceiro amarelo e desfalca o Grêmio contra o Fortaleza
Jogadores do Grêmio creditam derrota para o Bahia a chances perdidas no primeiro tempo

Time jogando para a frente, trocando passes produtivos e sem ser ameaçado pelo Bahia. Aí, veio o pênalti, que às vezes é marcado e outras não, como no caso do jogo contra o Corinthians. Como que por encanto, tudo mudou. A equipe sentiu o gol sofrido e se perdeu em campo. 

As substituições foram infrutíferas. E o adversário poderia ter marcado mais gols, embora o Grêmio tenha tido mais duas oportunidades. Confesso que algumas coisas seguem me intrigando, na análise que faço, distante do campo de jogo e do dia a dia da equipe. 

O time diminui muito o ritmo na metade do segundo tempo em diante. Torna-se mais lento, jogando lateralmente e o adversário começa a jogar melhor e criar as chances de gol. 

Algo está faltando

Nossos jogadores tentam, mas não conseguem concluir as jogadas, salvo algumas exceções. São profissionais exemplares e percebe-se que doam todo o seu esforço, mas algo está faltando. 

Por fim, creio que Montoya está atuando fora de seu lugar. E sem cruzamentos das laterais, não há centroavante que resista. Nessa função, jogar somente de costas para o gol adversário não funciona. Renato tem de reinventar a forma de jogar. É inteligente e capaz para isso.

Ainda não tem o app Tricolor GaúchaZH? Acesse todas as informações sobre o Grêmio na palma da sua mão! 

 
 
 
 
 
 
 
Diário Gaúcho
Busca
clicRBS
Nova busca - outros