Cacalo: se o esquema de Renato no Grêmio está desgastado, deve ser alterado - Grêmio - Esporte - Diário Gaúcho

Vers?o mobile

 
 

Paixão Tricolor04/06/2019 | 07h00Atualizada em 04/06/2019 | 07h00

Cacalo: se o esquema de Renato no Grêmio está desgastado, deve ser alterado

Técnico tem de buscar novas soluções no meio-campo e também no ataque

Cacalo: se o esquema de Renato no Grêmio está desgastado, deve ser alterado Marco Favero/Agencia RBS
Renato ainda precisa fazer ajustes no time Foto: Marco Favero / Agencia RBS
Cacalo Silveira Martins
Cacalo Silveira Martins

cacalo@diariogaucho.com.br

Não canso de repetir que as avaliações que faço do Grêmio sempre são desprovidas de informações básicas sobre o dia a dia dos atletas. Ou quase sempre. 

Leia mais
Montoya revela posição em que prefere atuar e mantém sonho de ser comprado pelo Grêmio
Grêmio perdeu só uma vez para o Fortaleza e último jogo teve gols de Léo Gago e Bertoglio
Luan e Cortez de volta ao campo: como está o boletim médico do Grêmio

Diferentemente de quando era dirigente e participava ativamente de tudo que dizia respeito ao futebol, desde contratações até decisões internas de rotina diária. Quem escalava o time e escolhia a forma de atuar, obviamente, sempre era o treinador.

Por isso, à distância, penso que se o esquema adotado por Renato Portaluppi, que tantas conquistas nos trouxe, está relativamente desgastado, ele deve ser alterado.

O técnico tentou e aparentemente não encontrou o substituto ideal para Ramiro. Considerando, então, que não há jogador no elenco com aquelas valências, que o esquema seja adequado à característica dos atletas que estão no grupo.

Quando chegou ao Grêmio pela primeira vez, em 2010, o treinador se valeu de uma sistematização tática que deu muito certo. Foi o 4-4-2 com losango no meio. Por que não retornar algo desse tipo? Três volantes e um meia, com dois atacantes.

Consistência na frente

Esse esquema retiraria a sobrecarga de Everton, que marca os laterais adversários e chega sem força à frente para usar seu talento, e proporcionaria assistências ao centroavante. Daria consistência defensiva ao time e boa chegada à frente, pois o elenco tem ótimos volantes para essa função e opções para alteração eventual de esquema numa partida.

Mas tudo isso viria somente depois de um saudável debate interno no departamento de futebol.

Ainda não tem o app Tricolor GaúchaZH? Acesse todas as informações sobre o Grêmio na palma da sua mão!  

 
 
 
 
 
 
 
Diário Gaúcho
Busca
clicRBS
Nova busca - outros