Cacalo: mais uma jornada heroica para o Grêmio - Grêmio - Esporte - Diário Gaúcho

Vers?o mobile

 
 

Paixão Tricolor29/07/2019 | 07h00Atualizada em 29/07/2019 | 07h00

Cacalo: mais uma jornada heroica para o Grêmio

Aniversário do primeiro título da Libertadores me fez recordar alguns jogos históricos

Cacalo: mais uma jornada heroica para o Grêmio Agência RBS/Agencia RBS
Em 28 de julho de 1983, time de Hugo de León (C) e Renato Portaluppi (D) conquistou a América pela primeira vez Foto: Agência RBS / Agencia RBS
Cacalo Silveira Martins
Cacalo Silveira Martins

cacalo@diariogaucho.com.br

Comemoramos no domingo (28) a conquista da primeira Libertadores pelo Grêmio e por um time gaúcho. Foi em 1983, quando decidimos o título contra o Peñarol. Houve muita comemoração e depois fomos campeões mundiais, também de forma pioneira. Mas, naquela Libertadores, o Tricolor participou da famosa "Batalha de La Plata", quando buscamos um resultado contra tudo e todos ante o Estudiantes, que nos levou à final da competição. 

Leia mais
CSA x Grêmio: horário, como assistir e tudo sobre o jogo da 12ª rodada do Brasileirão
Galhardo aposta em entrosamento com Léo Moura para desempenhar função no meio-campo do Grêmio 
Liberado para o futebol português, Lincoln se despede do Grêmio: "Foram momentos marcantes"

Por isso, passei a recordar tantas outras jornadas heroicas. Na Libertadores de 1995, vencemos o Palmeiras por 5 a 0, em uma partida extraordinária. Naquele ano, fomos bicampeões da América. Contra o mesmo Palmeiras, pela Copa do Brasil, vencíamos por 2 a 0 no Parque Antártica e tivemos três atletas expulsos. Com uma atuação espetacular de Danrlei, mantivemos ainda um empate importante. 

E quem não se lembra da Batalha dos Aflitos, pela Série B, em 2005? Com sete jogadores em campo, vencemos o Náutico, tendo ainda dois pênaltis contra. Foi uma jornada gloriosa e talvez recorde mundial. Para citar mais uma, temos de referir a vitória da semana passada pela Libertadores, contra o Libertad. Em uma partida dramática, após termos Geromel expulso, o Grêmio teve força, garra e raça, além de qualidade, para fazer 2 a 0. Foi uma explosão popular na Arena. 

Rumo ao tetra

Neste 2019, estamos nos candidatando ao tetra da Libertadores. Não somos favoritos, mas nossos profissionais já demonstraram sua capacidade para buscarem mais um título. Antes, porém, precisamos confirmar a classificação na próxima quinta-feira, em Assunção.

Ainda não tem o app Tricolor GaúchaZH? Acesse todas as informações sobre o Grêmio na palma da sua mão!

 
 
 
 
 
 
 
Diário Gaúcho
Busca
clicRBS
Nova busca - outros