Cacalo: sabemos o tamanho do problema que o Grêmio tem pela frente - Grêmio - Esporte - Diário Gaúcho

Vers?o mobile

 
 

Paixão Tricolor17/08/2019 | 07h00Atualizada em 17/08/2019 | 07h00

Cacalo: sabemos o tamanho do problema que o Grêmio tem pela frente

Tricolor encara o Palmeiras pelo Brasileirão e pela Libertadores

Cacalo: sabemos o tamanho do problema que o Grêmio tem pela frente Paulo Franken/Agencia RBS
Grêmio começa neste sábado uma série de confrontos com o Palmeiras Foto: Paulo Franken / Agencia RBS
Cacalo Silveira Martins
Cacalo Silveira Martins

cacalo@diariogaucho.com.br

Reviveremos, a começar neste sábado à noite importantes jogos contra o Palmeiras. A equipe paulista é uma poderosa força do esporte nacional. E costumeiramente tem sido assim. Como já aconteceu em anos anteriores, atualmente possui um patrocínio acima da média dos brasileiros, o que permite contratações de vulto. Ademais, possui no seu comando técnico um dos melhores treinadores do nosso futebol. 

Leia mais
Vinte e quatro anos depois, Grêmio e Palmeiras se reencontram na Libertadores com estilos de jogo invertidos
Palmeiras tem elenco mais caro da América e Grêmio forma na base seus atletas mais valiosos
Mano a Mano retrô de 1995: quem leva a melhor entre Grêmio e Palmeiras

Luiz Felipe Scolari é um técnico multicampeão com quem tive o privilégio de trabalhar durante aproximadamente quatro anos. Foi uma época gloriosa para o Grêmio, com incontáveis conquistas, todas sob a batuta de Felipão. 

Então sabemos o tamanho do problema que teremos pela frente. Acresça-se a isso a qualidade do elenco palmeirense, constituindo-se em, pelo menos, três times em condições de ter excelente desempenho. Mas, para o Tricolor, nada foi fácil ao longo de sua história. 

Repetição dos anos 1990

Politicamente, também, sabe-se que o Palmeiras é forte na CBF e na Conmebol. No entanto, tenho convicção de que o Grêmio está preparado para o enfrentamento dentro da lei do jogo, com arbitragens isentas, permitindo que vença quem jogar melhor. 

Particularmente, gostaria de repetir os  desafios de 1995 e 1996, conquistando aqueles resultados positivos, mas afastando os benefícios de fora do campo, que socorreram os palmeirenses naquela época e que são sabidos por todos, mas que o Grêmio soube enfrentar e superar. 

Ainda não tem o app Tricolor GaúchaZH? Acesse todas as informações sobre o Grêmio na palma da sua mão! 

 
 
 
 
 
 
 
Diário Gaúcho
Busca
clicRBS
Nova busca - outros