Cacalo: "Será que somente eu estou percebendo este vazio no meio-campo do Grêmio?" - Grêmio - Esporte - Diário Gaúcho

Vers?o mobile

 
 

Paixão tricolor12/08/2019 | 07h00Atualizada em 12/08/2019 | 07h00

Cacalo: "Será que somente eu estou percebendo este vazio no meio-campo do Grêmio?"

Equipe reserva repetiu os equívocos dos titulares

Cacalo: "Será que somente eu estou percebendo este vazio no meio-campo do Grêmio?" Alexandre Vidal/Flamengo/Divulgação
Tricolor foi batido no Maracanã Foto: Alexandre Vidal / Flamengo/Divulgação
Cacalo Silveira Martins
Cacalo Silveira Martins

cacalo@diariogaucho.com.br

Pensei muito antes de escrever esta coluna, após o jogo do Grêmio deste sábado que passou. Na minha ótica muito pessoal, a equipe reserva repetiu os equívocos que tenho citado dos titulares, inclusive com alguns agravantes. Deixo de lado a discussão da necessidade de escalarmos o time da forma como foi a campo, sem nenhum jogador titular, até porque, em algumas oportunidades, concordo com essa decisão.

Porém, desconfio que esteja assistindo a atuações que, teoricamente, ninguém esteja vendo. Afasto a questão da qualidade dos atletas, que pode ser discutida, com ressalvas, porque se trata de uma equipe desentrosada, o que prejudica o desempenho. No entanto, o que me preocupa sobremaneira é a forma pouco competitiva com que o meio-campo tricolor tem atuado. Sábado, o Flamengo dominou o setor. Trocou passes com facilidade porque não há marcação com imposição física do meio gremista.

Leia mais
Grêmio desembarca com discurso de mudança de foco: "Agora é Copa do Brasil"
Com reservas, Grêmio perde para o Flamengo no Maracanã

Repetiu-se um vazio no setor, talvez o mais importante do time. O prejuízo de consistência defensiva era evidente. Darlan e Thaciano são bons jogadores, mas não são afeitos à forte marcação. Cercam o adversário, assim como Luan. E Galhardo parecia deslocado de função.

Havia falta de qualidade de contenção e, principalmente, de quantidade no setor. O Flamengo vinha com diversos jogadores contra a zaga tricolor. Por ter escrito outras vezes, e podendo estar equivocado, faço esta autocrítica. Será que somente eu estou percebendo este vazio no meio?

O Grêmio sempre foi forte na marcação, supercompetitivo, sem abrir mão do equilíbrio e de um ataque muito produtivo.

Ainda não tem o app Tricolor GaúchaZH? Acesse todas as informações sobre o Grêmio na palma da sua mão! 

 
 
 
 
 
 
 
Diário Gaúcho
Busca
clicRBS
Nova busca - outros