Cacalo: jamais desistiremos de acreditar na força da camisa do Grêmio - Grêmio - Esporte - Diário Gaúcho

Vers?o mobile

 
 

Paixão Tricolor22/10/2019 | 09h00Atualizada em 22/10/2019 | 09h00

Cacalo: jamais desistiremos de acreditar na força da camisa do Grêmio

Tricolor tem de repetir feito de 1997, quando ganhou a Copa do Brasil no Maracanã

Cacalo: jamais desistiremos de acreditar na força da camisa do Grêmio José Doval/Agencia RBS
Em 1997, João Antônio foi um dos destaques no 2 a 2 que deu o título da Copa do Brasil ao Grêmio Foto: José Doval / Agencia RBS
Cacalo Silveira Martins
Cacalo Silveira Martins

cacalo@diariogaucho.com.br

Antes que alguém me envie mensagens, quero declarar que tenho pleno conhecimento de que passado, história e retrospecto não ganham partida de futebol. Mas é melhor tê-los positiva, em vez de negativamente. A torcida do Grêmio, na véspera de uma grande decisão no Maracanã, dirige-se ao estádio e à frente das televisões, imbuída da lembrança de outras jornadas épicas do Tricolor. 

Sabemos da dificuldade deste jogo de quarta-feira (23), da qualidade da equipe do Flamengo, dos problemas que nosso time têm de lesões, mas jamais desistiremos de acreditar na força dessa camisa gloriosa. 

Leia mais
Luan é desfalque e Jean Pyerre volta a treinar: as notícias do Grêmio mais importantes desta segunda-feira
Cortez exalta trunfos do Grêmio contra o Flamengo: "Temos experiência em Libertadores"
Alisson desabafa sobre badalação ao Flamengo antes da decisão: "A camisa do Grêmio merece mais respeito"

Por isso, estou lembrando a inesquecível decisão da Copa do Brasil, em 1997, no Maracanã lotado com 100 mil flamenguistas, contra 5.000 gremistas. A diferença é que, dentro do campo, nossos atletas se transformaram em milhões, assumiram o comando do jogo e, ao final, ouvia-se somente a voz dos tricolores, calando o estádio. 

E os protagonistas foram João Antônio, Carlos Miguel e Roger, todos crias do clube, oriundos das categorias de base. João Antônio fez um golaço, Caros Miguel recebeu um belíssimo cruzamento de Roger e concluiu para as redes, tornando o Grêmio tricampeão invicto da Copa do Brasil. A equipe toda brilhou. 

Honram a camisa tricolor

A nação tricolor explodiu de alegria em todo o país. Nossos atletas deram uma demonstração de raça, qualidade e garra inigualáveis. Estamos acreditando que quarta nossos representantes repitam aquela epopeia gremista e alcancem a classificação para a final da Libertadores. Eles têm qualidade, vontade de vencer e honram a camisa tricolor.

Ainda não tem o app Tricolor GaúchaZH? Acesse todas as informações sobre o Grêmio na palma da sua mão!

 
 
 
 
 
 
 
Diário Gaúcho
Busca
clicRBS
Nova busca - outros