Cacalo: pobre futebol brasileiro - Grêmio - Esporte - Diário Gaúcho

Vers?o mobile

 
 

Paixão Tricolor21/10/2019 | 08h00Atualizada em 21/10/2019 | 08h00

Cacalo: pobre futebol brasileiro

É insuportável e definitivamente inaceitável a forma como o esporte é dirigido e comandado pela CBF

Cacalo: pobre futebol brasileiro Marco Favero/Agencia RBS
Foto: Marco Favero / Agencia RBS
Cacalo Silveira Martins
Cacalo Silveira Martins

cacalo@diariogaucho.com.br

Quero trazer à baila novamente a questão da organização do futebol brasileiro. É insuportável e definitivamente inaceitável a forma como o esporte é dirigido e comandado. Pouco interessa quem é o verdadeiro responsável pelos desmandos e a tal desorganização. Uma entidade empurra para outra e assim por diante. Incluem até os direitos de quem pode transmitir os jogos pela televisão. Mas esta paga valores fundamentais para a sobrevivência dos clubes. Não tenho dúvida em afirmar que os responsáveis são CBF, Conmebol e afins. 

Leia mais
Jorge Jesus escala Filipe Luís no Fla-Flu e prepara Vitinho para o jogo contra o Grêmio 
Conmebol confirma final da Libertadores de 2019 em Santiago
Posse de bola e duelo dos treinadores: Everton e Gabigol projetam Flamengo x Grêmio

Isso tudo faz com que os clubes  necessitem adotar estratégias que muitas vezes podem ser equivocadas. Preservar jogadores em face do acúmulo pode, às vezes, ser uma decisão errada. E os resultados negativos são uma consequência de tudo isso. Não posso admitir que um clube da grandeza do Grêmio tenha disputado 27 rodadas de um Campeonato Brasileiro e, em 12 delas, tenha participado com equipe reserva. Ora, que chance pode ter uma equipe de conquistar título se é praticamente compelida a usar um time alternativo? 

Desnível

Cria-se um lamentável desnível entre os participantes e aqueles que buscam ou já obtiveram títulos acabam por ser inteiramente prejudicados. E quem já afirmou que time bom tem que passar por cima da arbitragem ou dos percalços da competição, quando sentem-se atingidos criticam até à tecnologia. Vale para uns, mas não vale para outros. Quando costumeiramente lhes favorecem, silenciam.

Ainda não tem o app Tricolor GaúchaZH? Acesse todas as informações sobre o Grêmio na palma da sua mão!  

 
 
 
 
 
 
 
Diário Gaúcho
Busca
clicRBS
Nova busca - outros