Cacalo: não creio que Renato decida tudo sozinho no futebol do Grêmio - Grêmio - Esporte - Diário Gaúcho

Vers?o mobile

 
 

Paixão Tricolor03/12/2019 | 07h00Atualizada em 03/12/2019 | 07h00

Cacalo: não creio que Renato decida tudo sozinho no futebol do Grêmio

Técnico ainda não tem confirmada a permanência para 2020 

Cacalo: não creio que Renato decida tudo sozinho no futebol do Grêmio Jose Tramontin/Zimel Press/Lance/Zimel Press/Lancepress!
Se Renato é responsabilizado pelos tropeços, precisa também ser exaltado pelas vitórias Foto: Jose Tramontin/Zimel Press/Lance / Zimel Press/Lancepress!
Cacalo Silveira Martins
Cacalo Silveira Martins

cacalo@diariogaucho.com.br

Talvez o principal assunto para ser resolvido pela direção gremista para o ano próximo seja a permanência ou não do técnico Renato. Particularmente, penso que a  manutenção de treinador é a prioridade do clube. Estou entre aqueles que reconhecem que Renato cometeu erros, mas os acertos foram infinitamente superiores.

Leia mais
Duas renovações encaminhadas e três prioridades: as primeiras medidas do Grêmio para 2020
Pedido de Tiago Nunes, dinheiro e troca de jogadores: o plano do Corinthians para ter Luan
ENQUETE: o Grêmio deve renovar com Renato Portaluppi para 2020?

Trago apenas um raciocínio, que pode fazer com que entendam meu ponto de vista. A maioria das críticas que leio e ouço em relação ao nosso técnico é que ele decide tudo sozinho, não ouve ninguém e, desta maneira, assume erros que não poderia cometer, pela falta de diálogo.

Preliminarmente, quero dizer que não creio que Renato seja absolutista e ditador nas coisas do futebol gremista. Mas para efeito de argumento tão somente, se for ele o responsável isolado e único por eventuais maus resultados, por teimosia ou por erro de escalações e de sistemas táticos, temos de admitir o outro lado. Quero dizer que, se isso for verdade, obrigatoriamente, teremos de concordar que Renato venceu sozinho as competições que treinou o Grêmio e obteve títulos.

Vala comum

Como tenho ideia fixa de que em futebol ninguém ganha nem perde sozinho quero crer que, com uma boa reestruturação e reinvenção no departamento de futebol, com a direção atuante, a permanência de Renato suplanta qualquer possibilidade de um novo treinador, distante do clube e sem identidade. Cairemos ou retornaremos à vala comum. Ou seja, perde três partidas, demite e troca novamente. No entanto, estou aberto e sujeito a refletir sobre a questão.  

Ainda não tem o app Tricolor GaúchaZH? Acesse todas as informações sobre o Grêmio na palma da sua mão!  

 
 
 
 
 
 
 
Diário Gaúcho
Busca
clicRBS
Nova busca - outros