Cacalo: venceremos e o Cruzeiro vai para a Série B - Grêmio - Esporte - Diário Gaúcho

Vers?o mobile

 
 

Paixão Tricolor05/12/2019 | 09h00Atualizada em 05/12/2019 | 09h00

Cacalo: venceremos e o Cruzeiro vai para a Série B

Lembro da Libertadores 1997, quando o Tricolor ficou sem Paulo Nunes, convocado e o time mineiro teve Dida, que era titular da Seleção

Cacalo: venceremos e o Cruzeiro vai para a Série B Gledston Tavares /FramePhoto/Folhapress
No primeiro turno, o Tricolor bateu o Cruzeiro na casa do rival Foto: Gledston Tavares /FramePhoto / Folhapress
Cacalo Silveira Martins
Cacalo Silveira Martins

cacalo@diariogaucho.com.br

Tenho e sempre tive seríssimas dúvidas da atitude do Cruzeiro com relação a um enfrentamento que tivemos, pela Libertadores, há mais de 20 anos. E também em relação à CBF. Alguém poderá questionar: por que essa lembrança depois de tanto tempo? Mas, o trauma dos gremistas ficou devidamente marcado, principalmente para mim, que era dirigente do Grêmio

Leia mais
Nova estratégia: Grêmio pretende comprar empresa que administra a Arena
Alheio à situação do Cruzeiro, Luciano garante foco total do Grêmio: "Alguém vai ter de apagar essa luz"
O dia do Grêmio em um minuto: as notícias mais importantes do Tricolor nesta quarta-feira

Era uma fase decisiva da Libertadores 1997 e havia paralelamente a disputa da Copa América de seleções. Jamais o atleta Paulo Nunes havia sido convocado. O goleiro titularíssimo da Seleção era Dida, do Cruzeiro. Pois, o infeliz e falso competente treinador Zagallo, acobertado pela CBF, convocou o jogador gremista e deixou de fora o titular da Seleção Brasileira. 

O Grêmio ficou sem seu melhor jogador e foi desclassificado por um gol del diferença. Pouco tempo depois, o clube mineiro prestou uma grande homenagem à direção da CBF, em especial o senhor Marco Antonio Teixeira, que graças a Deus está fora do futebol. Nunca me conformei com tudo aquilo, mas não foi possível provar qualquer ato desonesto e tendencioso em benefício do clube mineiro. 

O mundo é redondo. Passado tanto tempo, o Cruzeiro depende do resultado do jogo desta quinta-feira (5). Vamos vencer. Vamos ajudar a rebaixar o Cruzeiro, mesmo lamentando a presença de Adilson, nosso capitão América. Tenho certeza de que os profissionais gremistas jogarão imbuídos da enorme vontade de vencer. E venceremos. E o time mineiro vai para a Série B. O tempo é realmente o senhor da razão e faz a história se repetir.

Ainda não tem o app Tricolor GaúchaZH? Acesse todas as informações sobre o Grêmio na palma da sua mão!

 
 
 
 
 
 
 
Diário Gaúcho
Busca
clicRBS
Nova busca - outros