José Augusto Barros: eu trocaria Kannemann por Pedro - Grêmio - Esporte - Diário Gaúcho

Vers?o mobile

 
 

Paixão Tricolor03/01/2020 | 16h44

José Augusto Barros: eu trocaria Kannemann por Pedro

Fiorentina exige o zagueiro argentino para negociar o atacante

José Augusto Barros: eu trocaria Kannemann por Pedro Fiorentina / Divulgação/Divulgação
Pedro está na Fiorentina desde setembro Foto: Fiorentina / Divulgação / Divulgação

Antes que o caro leitor comece a me xingar, já saio dizendo, logo na largada: sou mais um dos milhões de fãs de Kannemann, um dos grandes zagueiros que já vestiram nossa camisa, de muita raça, qualidade na bola aérea, um dos melhores defensores que já vi atuar por aqui. Porém, ele já não é mais nenhum guri (tem 28 anos) e, seguidamente, surgem notícias de que seu empresário está tentando alguma negociação com ele para algum clube do Exterior — o que é absolutamente justo, diga-se de passagem, o cara está fazendo o trabalho dele.

Leia mais
Grêmio monitora Pedro, mas Fiorentina quer incluir Kannemann no negócio
100 nomes para a Dupla: os meias que poderiam reforçar Grêmio e Inter em 2020
Grêmio aguarda definição do Cruzeiro e cogita recontratar Edilson

E, para completar, mais cedo ou mais tarde (acho que não demora muito, Kannemann é um grande zagueiro), ele acabará saindo. Antes que a gente reforce algum adversário direto, como foi feito na transação de Luan, que foi para o Corinthians, seria melhor que nosso zagueiro fosse negociado com algum time da Europa e que tivéssemos uma bela compensação neste negócio, não é?

Pois, aparentemente, segundo os noticiários, esta possibilidade está surgindo por conta do interesse do Grêmio em Pedro, um baita atacante, dos melhores que surgiram no país nos últimos anos. O porém desta negociação é que a Fiorentina, que não é boba, deseja negociá-lo em definitivo em uma troca pelo argentino.

A troca vale a pena

Já li que essa troca não seria o desejo de nosso presidente, que tem uma posição respeitável. Porém, considerando a idade de Pedro, 22 anos, seu potencial e sua qualidade, suas seguidas convocações para seleções de base e as seguidas especulações sobre a saída de Kannemann, acho que seria um bom negócio para ambos. Afirmo isso mesmo sabendo que Pedro custou R$ 50 milhões aos cofres da Fiorentina, que tem contrato com a equipe de Florença até 2023 e que, mesmo com Kannemann no negócio, as cifras abatidas fariam com que o Grêmio tivesse de desembolsar mais uma grana. Mesmo assim, acho que vale a pena.

O argentino terá seu nome para sempre lembrado pela torcida, está na lista dos grandes zagueiros da nossa história e, mesmo sem ele, seguimos com outro monstro na zaga, Geromel. Com a chegada de Pedro, ganhamos o reforço de um atacante de alto nível, que poderia, tranquilamente, jogar em equipes como Flamengo e Palmeiras. E que pode fazer a diferença em 2020.

Ainda não tem o app Tricolor GaúchaZH? Acesse todas as informações sobre o Grêmio na palma da sua mão!

 
 
 
 
 
 
 
Diário Gaúcho
Busca
Imprimir
clicRBS
Nova busca - outros