Cacalo: decisão sobre retorno do futebol requer cautela - Grêmio - Esporte - Diário Gaúcho

Vers?o mobile

 
 

Paixão Tricolor30/04/2020 | 09h00Atualizada em 30/04/2020 | 09h00

Cacalo: decisão sobre retorno do futebol requer cautela

Retomada, de maneira geral, poderá trazer prejuízos específicos a alguns clubes

Cacalo: decisão sobre retorno do futebol requer cautela Ricardo Wolffenbüttel/Agencia RBS
Alguns Estados têm situações rigorosamente distintas em nível de combate ao coronavírus Foto: Ricardo Wolffenbüttel / Agencia RBS
Cacalo Silveira Martins
Cacalo Silveira Martins

cacalo@diariogaucho.com.br

Retorno ao assunto da volta do futebol, em face da divulgação de novas notícias. Surgem pressões bem definidas para que tudo retorne a sua atividade normal, mesmo durante a pandemia. Os exemplos mundiais tem sido diferentes. 

Leia mais
"Nunca falei tanto no telefone", comenta Renato sobre rotina em tempos de coronavírus
"Os clubes precisarão investir em inteligência", afirma ex-executivo do Grêmio
Venda ou troca: como o Grêmio pode lucrar com uma possível transferência de Arthur

A Fórmula 1, tradicional competição de automobilismo, já teve dez disputas canceladas e na terça-feira (28) cancelou o Grande Prêmio da França, que seria realizado em julho. Ficando no Brasil, a principal competição de voleibol foi cancelada. 

Sabemos que tudo o futebol é diferente de outros esportes. Vou, com todo o respeito, repetir o que escrevi dias atrás. Alguns Estados têm situações rigorosamente distintas em nível de combate ao coronavírus. Mais mortes, mais infectados,  menos condições para combater a doença. 

Renovo minha opinião de que a reabertura do futebol, de maneira geral, trará prejuízos específicos e determinados a alguns clubes. Por exemplo, agora, o Grêmio está adotando medidas restritivas a alguns de seus departamentos, reconhecendo a obviedade da crise. 

Embora no futebol profissional o prejuízo seja incalculável para o clube, medidas essenciais e fundamentais devem ser adotadas para o retorno das atividades. Todos queremos futebol de volta, mas toda a cautela possível se impõe neste momento.

 
 
 
 
 
 
 
Diário Gaúcho
Busca
clicRBS
Nova busca - outros