Luciano Périco: o futuro que Renato projeta para Maicon no Grêmio - Grêmio - Esporte - Diário Gaúcho

Versão mobile

 
 

Líder30/07/2020 | 00h00Atualizada em 30/07/2020 | 00h00

Luciano Périco: o futuro que Renato projeta para Maicon no Grêmio

Nos três jogos da retomada do futebol, camisa 8 esteve em campo apenas 45 minutos

Luciano Périco: o futuro que Renato projeta para Maicon no Grêmio Lucas Uebel / Grêmio/Divulgação/Grêmio/Divulgação
Volante completa 35 anos em setembro Foto: Lucas Uebel / Grêmio/Divulgação / Grêmio/Divulgação

Poucos jogadores no futebol brasileiro tem o passe tão certeiro quanto o camisa 8 do Grêmio. A qualidade técnica salta aos olhos. No clube desde 2015, Maicon foi personagem importante nas grandes conquistas recentes, como a Copa do Brasil e a Libertadores. Soma-se a tudo isso a forte liderança dentro do vestiário, um componente fundamental para medir o valor do atleta.

Completando 35 anos em setembro, Maicon vem sentindo os efeitos do tempo na sua condição física. É visível a dificuldade de estabelecer uma sequência de jogos sem desconforto. As dores no joelho esquerdo são implacáveis. Até mesmo, terminar alguns jogos é algo complicado. 

Cogitou-se realizar uma artroscopia para amenizar o desconforto. O descanso das férias indiciou que poderia esperar para o procedimento. Mas fica uma dúvida fundamental: é possível abrir mão da qualidade de Maicon ou encontrar uma melhor forma de dosar a utilização do atleta durante as competições?

Leia mais
Renato Portaluppi revela que Grêmio busca novas opções para lateral esquerda e ataque
Cotação GZH: confira as notas dos jogadores do Grêmio no empate com o Novo Hamburgo
Quem é o lateral-esquerdo que o Grêmio pretende contratar

A cruel maratona de jogos que se avizinha para o Grêmio vai impactar diretamente na vida do volante. Renato Portaluppi terá o desafio de escolher os melhores momentos para poder contar com o capitão na melhor forma possível. Pode ser apenas em jogos específicos — de caráter mais decisivo — ou começando algum duelo como titular, mas permanecendo em campo por menos de 90 minutos. É ponto pacífico que o técnico gremista não pode abrir mão da qualidade superior do jogador.

Outro ponto importante da questão que envolve a utilização de Maicon é a sua linha sucessória. Quem surge no momento, com as opções no grupo, como o melhor substituto? Entre os candidatos, Lucas Silva surge como ficha número um para fazer dupla com Matheus Henrique. Conta a seu favor o fato de ser um cara que tem experiência internacional, vigor físico, bom chute de fora da área, mas com um pouco menos capacidade de passe do que Maicon.

Agora, quem também pinta como novo postulante a uma posição no meio-campo do Grêmio é Darlan, que também gosta de trabalhar com a bola no pé. Guri de São Borja, criado na base, tem facilidade para driblar os adversários, algo raro entre volantes. Perde pontos na bola aérea pela estatura. Porém, nada que comprometa. Precisa ainda de rodagem para se firmar. É certo que Renato tem ótimas peças de reposição na impossibilidade de contar com Maicon em menos momentos que desejaria durante o restante da temporada.

 
 
 
 
 
 
 
Diário Gaúcho
Busca
clicRBS
Nova busca - outros