Luciano Périco: a troca da guarda no ataque do Grêmio - Grêmio - Esporte - Diário Gaúcho

Versão mobile

 
 

Novo titular11/08/2020 | 09h00Atualizada em 11/08/2020 | 09h00

Luciano Périco: a troca da guarda no ataque do Grêmio

Saída de Everton para o Benfica-POR abre espaço para mais um talento do Tricolor feito em casa

Luciano Périco: a troca da guarda no ataque do Grêmio Mateus Bruxel/Agencia RBS
Pepê é mais uma aposta de atacante de velocidade formado nas categorias de base Foto: Mateus Bruxel / Agencia RBS

A primeira amostragem de Pepê como herdeiro efetivo da posição de Everton, confirmou que o guri tem todas as credenciais para ser um ótimo substituto do atacante no time do Grêmio. As características dos dois atletas são semelhantes. O ímpeto para a jogada individual, a velocidade nas arrancadas de contra-ataque, o drible e os chutes a gol. Mesmo com a saída do principal jogador do grupo, Renato Portaluppi terá a garantia da manutenção da jogada forte pelo flanco esquerdo. 

Claro que Pepê ainda tem um longo caminho para construir na sua biografia no Tricolor para chegar próximo ao patamar do Cebolinha. Não é uma tarefa simples substituir um dos principais atacantes do futebol do país, com status de Seleção Brasileira. Potencial Pepê já provou que tem de sobra. Ele vai precisar saber lidar com a pressão. Com certeza, vai evoluir mais.  Como gestor, o papel de Renato na evolução recente de vários atletas da base tem sido fundamental.

Leia mais
As razões da demora para o Grêmio oficializar a venda de Everton
Mais cruzamentos e menor posse de bola: como foi o Grêmio em seu primeiro jogo sem Everton
Ataque do Grêmio seguirá ameaçador mesmo sem Everton

Pensando a longo prazo, na maratona de partidas que vem pela frente na temporada maluca de 2020, com Libertadores, Brasileiro e Copa do Brasil, os dirigentes gremistas precisarão encontrar no mercado um jogador que tenha características parecidas com as de Pepê para compor o elenco. 

 
 
 
 
 
 
 
Diário Gaúcho
Busca
clicRBS
Nova busca - outros