Cacalo: a esclarecedora entrevista do presidente Romildo Bolzan - Grêmio - Esporte - Diário Gaúcho

Versão mobile

 
 

Paixão tricolor10/09/2020 | 07h00Atualizada em 10/09/2020 | 07h00

Cacalo: a esclarecedora entrevista do presidente Romildo Bolzan

Presidente comentou situação de Cavani e assédio pelo atacante Pepê

Cacalo: a esclarecedora entrevista do presidente Romildo Bolzan Félix Zucco/Agencia RBS
Bolzan mantém postura austera no comando do clube Foto: Félix Zucco / Agencia RBS
Cacalo Silveira Martins
Cacalo Silveira Martins

cacalo@diariogaucho.com.br

Ouvi atentamente a entrevista coletiva do presidente Romildo Bolzan. Foi esclarecedora na maioria dos assuntos abordados. Começando com a suposta situação de Cavani. Não afastou definitivamente a possibilidade da vinda deste atleta, mas considerou uma eventual chance rigorosamente excepcional e, da minha parte, desde logo, não creio nesta contratação. 

Há uma série de razões contrárias à esta vinda, mas elejo a questão financeira como o principal e mais forte obstáculo. Como disse o presidente, não alimento esse sonho, entendam, nem em sonho. Falou também sobre eventual saída do atacante Pepê e confirmou que pretende ficar com ele até o final desta temporada. Uma proposta de alto valor pode fazê-lo mudar de ideia, foi a minha conclusão. 

Leia mais
Sonho de jogar Libertadores e salário de R$ 7,5 milhões: o que disse Cavani no primeiro contato com o Grêmio
Romildo diz que Cavani é sonho distante: "Se ele fizer opção de vida pela América do Sul, podemos conversar"

Sobre contratações, admitiu a tentativa de trazer um lateral-esquerdo, um volante e um atacante. Particularmente, contrataria seguindo uma hierarquia, sendo, pela ordem, um centroavante, um volante e por fim, um lateral-esquerdo. Lembro que ainda falta um meio campista, armador típico, para disputar posição com Jean Pyerre. 

Enquanto isso, com o elenco atual repleto de desfalques, jogamos hoje à noite uma partida emblemática. O adversário não é reconhecidamente poderoso, mas o jogo será muito difícil, por todos os motivos que o Grêmio enfrenta dentro do contexto atual. É hora de total dedicação dos profissionais, fazendo valer a força da camisa.


 
 
 
 
 
 
 
Diário Gaúcho
Busca
clicRBS
Nova busca - outros