Cacalo: a grande fase de Pepê - Grêmio - Esporte - Diário Gaúcho

Versão mobile

 
 

Paixão Tricolor16/10/2020 | 09h00Atualizada em 16/10/2020 | 09h00

Cacalo: a grande fase de Pepê

Atacante um jogador pronto, e a melhor notícia que tivemos é de que permanece no Grêmio

Cacalo: a grande fase de Pepê Lucas Uebel/Grêmio/Divulgação
Pepê marcou dois gols na vitória sobre o Botafogo Foto: Lucas Uebel / Grêmio/Divulgação
Cacalo Silveira Martins
Cacalo Silveira Martins

cacalo@diariogaucho.com.br

Deixei de propósito na coluna de quinta-feira (15), depois do jogo contra o Botafogo, de falar em Pepê. Isso porque quero fazer uma manifestação expressa sobre suas atuações.

Jovem, com muita maturidade e ainda com espaço para crescer profissionalmente, o atacante gremista vive grande momento. Pepê faz gols com as duas pernas, tem na velocidade uma de suas principais características e, acima de tudo, mostra técnica e tranquilidade na hora de concluir.

É um jogador pronto, e a melhor notícia que tivemos é de que permanece no Grêmio até fevereiro, no mínimo. Felizmente, o técnico Renato está sabendo aproveitá-lo da melhor maneira possível, e a resposta dentro de campo comprova todas as qualidades do atleta.

Leia mais
Empresário confirma procura por Orejuela, mas destaca preferência pelo Grêmio: "Quer ficar em Porto Alegre"
Poder ofensivo: veja quando o Grêmio marcou três gols ou mais em um jogo na temporada
Kannemann treina normalmente e deve voltar ao time contra o São Paulo

A péssima fase da arbitragem

Têm sido inacreditáveis as decisões dos árbitros nos jogos do Grêmio, principalmente ao compararmos o que ocorre nos outros jogos do Brasileirão. Parecem o Campeonato Gaúcho de algum tempo atrás. Na dúvida, contra o Grêmio.

A patética expulsão de Diego Souza até poderia ser aceita se não houvesse lances lamentáveis proporcionados por Patrick, do Inter, que deixou uma forte marca no corpo do adversário, e por Bruno Henrique do Flamengo, que literalmente deu um coice no rosto do adversário, que sofreu uma fratura.

O VAR provavelmente estava cochilando, pois não serve para nada. Onde estão os critérios? A incompetência supera a lei. Socorram o futebol brasileiro.

 
 
 
 
 
 
 
Diário Gaúcho
Busca
clicRBS
Nova busca - outros