Cacalo: as repercussões do assalto ao Grêmio no Morumbi - Grêmio - Esporte - Diário Gaúcho

Versão mobile

 
 

Paixão tricolor21/10/2020 | 07h00Atualizada em 21/10/2020 | 07h00

Cacalo: as repercussões do assalto ao Grêmio no Morumbi

Quantos prejuízos o Tricolor terá de absorver e administrar em decorrência das injustiças cometidas? 

Cacalo: as repercussões do assalto ao Grêmio no Morumbi Lucas Uebel/Grêmio/Divulgação
Alisson se lesionou contra o São Paulo e ficará fora do time por três semanas Foto: Lucas Uebel / Grêmio/Divulgação
Cacalo Silveira Martins
Cacalo Silveira Martins

cacalo@diariogaucho.com.br

Por quanto tempo ainda o Grêmio vai ter de pagar a conta diante do que aconteceu no jogo contra o São Paulo? Quantos prejuízos o Tricolor terá de absorver e administrar em decorrência das injustiças cometidas? 

Na minha ótica, não tivemos somente um responsável por tudo aquilo que aconteceu. Leonardo Gaciba foi frouxo ao se curvar ao pleito dos paulistas e alterar o árbitro do VAR. Mas não será suficiente afastar Gaciba, pois virá outro muito mais incompetente do que ele, que poderá ser integrante de uma turma que parece agir no futebol brasileiro.

No entanto, a responsabilidade maior cabe, pela ordem, ao árbitro de campo e a quem cabia utilizar o VAR. Causaram ao Grêmio prejuízos irreparáveis, que terão consequências por algum tempo. Por exemplo, a agressão sofrida pelo atleta Alisson o afastará dos campos pelo menos por três semanas. E o agressor segue jogando. 

Leia mais
Alisson tem lesão ligamentar no tornozelo e deve ficar três semanas fora do time do Grêmio
Dívida do Cerro e salário maior: os motivos que podem aproximar Churín do Grêmio
Romildo pede união de clubes e transparência da CBF: "O Grêmio não vai desistir"

Árbitro recompensado

O árbitro que estava no VAR, foi premiado para nova atuação no mesmo local, em uma partida importante do Brasileirão. Conclusão: quem age corretamente é punido e quem comete gravíssimos erros é recompensado com escala seguinte em jogo de líderes. 

Enquanto a gloriosa CBF for comandada por esta turma que lá está, seguidores de Ricardo Teixeira, Havelange, Marin, Marco Polo del Nero e outros, o futebol brasileiro estará sujeito a carregar consigo essas manchas inapagáveis.

 
 
 
 
 
 
 
Diário Gaúcho
Busca
clicRBS
Nova busca - outros