Luciano Périco: Renato Portaluppi apostou todas as fichas na preservação e se deu bem  - Grêmio - Esporte - Diário Gaúcho

Versão mobile

 
 

Três pontos26/10/2020 | 07h00Atualizada em 26/10/2020 | 07h00

Luciano Périco: Renato Portaluppi apostou todas as fichas na preservação e se deu bem 

Tricolor venceu o Athletico-PR de virada, por 2 a 1, na Arena da Baixada

Luciano Périco: Renato Portaluppi apostou todas as fichas na preservação e se deu bem  Lucas Uebel/Grêmio/Divulgação
Ferreira entrou no segundo tempo e fez o gol da vitória gremista Foto: Lucas Uebel / Grêmio/Divulgação

Renato Portaluppi optou por escalar o Grêmio com reservas contra o Athletico-PR, projetando o duelo com o Juventude na Copa do Brasil. Óbvio que faltou entrosamento. A qualidade não é a mesma. Penso não ser o ideal a escalação de uma equipe totalmente reserva. Externei essa opinião antes da partida. Mas o treinador gremista apostou na preservação total e se deu muito bem. Sorte do Tricolor. Mérito de Renato. Só não pode esquecer que, daqui a pouco, dependendo dos resultados das Copas do Brasil e Libertadores, pode precisar estar em uma situação boa no Brasileirão.

O duelo contra o Furacão foi morno na primeira etapa, repleto de erros dos dois lados. A única chance gremista só surgiu na reta final, através de Isaque. O castigo veio na sequência com um belo gol de Carlos Eduardo. No intervalo, entrou Pepê no lugar de Everton, dando mais poderio ofensivo pelo lado esquerdo. A qualidade que mudou o panorama da partida. O empate veio com o gol contra de Thiago Heleno. A entrada de Ferreira, pelo lado direito, foi definitiva para a virada gremista por 2 a 1

Leia mais
Ferreira decide com gol no final, e Grêmio vira sobre o Athletico-PR em Curitiba
Cotação GZH: confira as notas dos jogadores do Grêmio na vitória sobre o Athletico-PR
Ouça os gols do Grêmio na vitória sobre o Athletico-PR pelo Brasileirão

O confronto na Arena da Baixada deixa algumas lições para Renato Portaluppi. De uma vez por todas, Ferreira precisa ser uma opção no time à frente de jogadores como Luiz Fernando e Everton. É preciso olhar com mais carinho para os valores da base na hora de substituir titulares. Colocando uma equipe com muitos reservas, as coisas ficam mais difíceis. Vamos combinar, que se tivesse um time um pouco mais reforçado, a vitória em Curitiba seria mais tranquila. A entrada de Pepê é a prova disso. A vitória valeu muito pelos três pontos e a subida na tabela de classificação no Brasileirão

 
 
 
 
 
 
 
Diário Gaúcho
Busca
clicRBS
Nova busca - outros