Luciano Périco: a nova cara do Grêmio nas mãos de Felipão - Grêmio - Esporte - Diário Gaúcho

Versão mobile

 
 

Alma copeira14/07/2021 | 07h00Atualizada em 14/07/2021 | 07h00

Luciano Périco: a nova cara do Grêmio nas mãos de Felipão

Vitória na altitude de Quito sobre a LDU mostrou uma equipe diferente daquelas que estávamos acostumados a ver nos últimos tempos

Luciano Périco: a nova cara do Grêmio nas mãos de Felipão LUCAS UEBEL / Grêmio/ Divulgação/Grêmio/ Divulgação
Léo Pereira fez o gol da vitória gremista no Equador Foto: LUCAS UEBEL / Grêmio/ Divulgação / Grêmio/ Divulgação

Não teve show na altitude. Teve menos posse de bola do que o adversário. O toque de bola excessivo foi colocado de lado. Tudo compensado com muita transpiração. Agora é hora do futebol pragmático no Grêmio. Uma equipe com mais alma e menos refinamento. Um time com a cara de Luiz Felipe Scolari. O resultado é mais importante do que o desempenho no atual momento. Com muita luta em campo, o Tricolor reencontrou o caminho das vitórias na volta da Sul-Americana. Quando faltou qualidade, sobrou vontade. Com a vitória por 1 a 0 em Quito, pode jogar por um empate na partida de volta na Arena na próxima terça-feira (20).

As primeiras chances da partida foram construídas pela LDU. Mas o time de Felipão acabou largando na frente. A vitória gremista foi arquitetada a partir de um contra-ataque de cartilha puxado por Vanderson. Ele deu um passe forte para o lado esquerdo. A bola acabou passando por Jean Pyerre, que conseguiu evitar a saída de bola pela linha lateral, dando uma assistência perfeita para Léo Pereira marcar o 1 a 0. Além disso, Gabriel Chapecó fez defesas importantes na etapa inicial, que garantiram a manutenção do placar. 

Leia mais
Ouça o gol do Grêmio na vitória sobre a LDU na Copa Sul-Americana
Felipão destaca resultado do Grêmio contra a LDU no Equador: "Foi importante vencer"
Léo Pereira celebra gol e projeta retomada no Grêmio: "Espero que venham outros"

No segundo tempo, o Tricolor dosou forças e sofreu forte pressão. A LDU até poderia ter empatado. Substituto de Geromel, Ruan foi muito bem na zaga com velocidade e explosão. Como não seria diferente, os gremistas sentiram os efeitos da altitude. Felipão renovou o fôlego com Ricardinho, Douglas Costa, Léo Chú e Mateus Sarará. 

A melhor notícia foi o desempenho de Jean Pyerre. Interessado na partida, mostrou que pode mais do que vem apresentando. Claro, que ele ainda terá que provar mantendo uma regularidade de atuações. Com o meia atuando bem, o Grêmio cresce. 

Mas há pontos de atenção. Diego Souza voltou a ter uma atuação pouco participativa. Alisson e Cortez, com as dificuldades ofensivas, entregam pouco. Era preciso voltar a vencer. O primeiro passo foi dado. Agora é fundamental buscar um resultado positivo pelo Brasileirão, onde a situação é dramática, contra o Fluminense no sábado (17).


 
 
 
 
 
 
 
Diário Gaúcho
Busca
Imprimir
clicRBS
Nova busca - outros