Cacalo: Grêmio cumpriu seu dever contra a Chapecoense - Grêmio - Esporte - Diário Gaúcho

Versão mobile

 
 

Paixão tricolor09/08/2021 | 23h08Atualizada em 09/08/2021 | 23h08

Cacalo: Grêmio cumpriu seu dever contra a Chapecoense

Tricolor venceu por 2 a 1 e somou pontos importantes para tentar sair do Z-4

Cacalo: Grêmio cumpriu seu dever contra a Chapecoense André Ávila / Agencia RBS/Agencia RBS
Borja fez o gol que garantiu a vitória na Arena Foto: André Ávila / Agencia RBS / Agencia RBS
Cacalo Silveira Martins
Cacalo Silveira Martins

cacalo@diariogaucho.com.br

O Grêmio tinha obrigação de vencer a Chapecoense. Distanciou-se da lanterna e, por consequência, aproximou-se um pouco mais da saída da zona de rebaixamento. Dentro de um ritmo de normalidade, não foi grande atuação, mas suficiente para buscar três pontos. 

O Tricolor teve dificuldade no trabalho coletivo, o que fez com que o time tivesse poucos destaques individuais. A Chapecoense teve duas chances logo no início, sendo que em uma delas fez o seu gol. Depois, foi dominada pelo Grêmio, que não criou chances de marcar. 

A razão principal foi excesso de lentidão no meio, que de certa forma deixava o centroavante estreante Borja um tanto isolado no ataque. Penso que pela movimentação e marcação de gol importante, Alisson tenha sido um dos melhores do time. 

Leia mais
"Logo vamos sair dessa situação", diz Alisson após vitória do Grêmio sobre a Chapecoense
Cotação GZH: confira as notas dos jogadores do Grêmio na vitória sobre a Chapecoense
Ouça os gols do Grêmio na vitória sobre a Chapecoense

Por incrível que possa parecer, Gabriel Chapecó foi destaque, tendo excelente desempenho sempre que chamado a intervir. Não chego a ponto de dizer que a atuação foi preocupante, mas torna-se absolutamente necessário um forte crescimento físico e técnico de alguns jogadores, especialmente de Douglas Costa, que permanece inteiramente sem força. 

Há atletas que deverão voltar nas próximas rodadas, saindo do departamento médico, o que permitirá mais opções a Felipão. A propósito, se os atletas estivessem bem preparados fisicamente, Felipão teria escalado o que tinha de melhor a sua disposição e tal não se consumou pela ausência de melhor preparo físico.


 
 
 
 
Diário Gaúcho
Busca
clicRBS
Nova busca - outros