Cacalo: hora de o Grêmio virar a página para enfrentar o Corinthians - Grêmio - Esporte - Diário Gaúcho

Versão mobile

 
 

Paixão tricolor28/08/2021 | 07h00Atualizada em 28/08/2021 | 07h00

Cacalo: hora de o Grêmio virar a página para enfrentar o Corinthians

Vitória seria importante, mas, pelo momento que vivemos, penso que não perder é um bom resultado

Cacalo: hora de o Grêmio virar a página para enfrentar o Corinthians Marco Favero / Agencia RBS/Agencia RBS
Grêmio precisa entender que é possível repetir atuação do 1º tempo contra o Flamengo, e assim faremos um bom jogo no sábado Foto: Marco Favero / Agencia RBS / Agencia RBS
Cacalo Silveira Martins
Cacalo Silveira Martins

cacalo@diariogaucho.com.br

Pelas notícias que tenho lido, os comandantes do futebol do Grêmio, onde incluo o técnico e o vice-presidente de futebol, fizeram uma forte reunião de mobilização e retomada do astral para o enfrentamento contra o Corinthians, neste sábado (28). 

Felipão certamente entendeu as necessidades do time, suas carências e suas virtudes. E o maior exemplo que podemos ter boas notícias é o primeiro tempo do jogo contra o Flamengo. Se a equipe, devidamente motivada, entender que é possível repetir aquela atuação, com certeza faremos um bom jogo contra o Corinthians. A vitória é importante, mas modestamente, pelo momento que vivemos, penso que não perder é um bom resultado. 

A escalação, com a participação de quase todos os titulares, traz também um pouco de confiança ao elenco. Na realidade, temos de saber que o passado passou e o jogo do Flamengo não existe mais. Todos são profissionais responsáveis e conhecem a grandeza do Grêmio, no sentido de sempre buscar vitorias. 

Leia mais
Com retornos de Ruan e Maicon, Grêmio divulga lista de relacionados para jogo contra o Corinthians
Após quase 50 dias, Ferreira deve receber nova chance como titular do Grêmio
Grêmio x Corinthians: horário, como assistir e tudo sobre a 18ª rodada do Brasileirão

Corinthians cresceu no Brasileirão

O Corinthians é um adversário forte, cresceu na competição, tem aspirações maiores do que vinha perseguindo até pouco tempo atrás. Mas não é imbatível. Penso que a única dificuldade tricolor é a ausência de Douglas Costa, mesmo que ainda não venha desenvolvendo todo o seu futebol. A propósito, este atleta trazia consigo uma sequência de lesões e agora repetiu a dose. Sem ser especialista, creio que pode ser objeto de um trabalho especial, quando retornar.

 
 
 
 
Diário Gaúcho
Busca
clicRBS
Nova busca - outros