Cacalo: o bom problema que o Grêmio tem - Grêmio - Esporte - Diário Gaúcho

Versão mobile

 
 

Paixão Tricolor15/09/2021 | 09h00Atualizada em 15/09/2021 | 09h00

Cacalo: o bom problema que o Grêmio tem

Tanto Brenno quanto Chapecó já demonstraram que são excelentes goleiros

Cacalo: o bom problema que o Grêmio tem Lucas Uebel / Grêmio/Divulgação/Grêmio/Divulgação
Brenno pode receber oportunidade na partida desta quarta-feira contra o Flamengo Foto: Lucas Uebel / Grêmio/Divulgação / Grêmio/Divulgação
Cacalo Silveira Martins
Cacalo Silveira Martins

cacalo@diariogaucho.com.br

 Tenho feito reiteradas manifestações positivas em relação aos dois goleiros titulares do Grêmio. E repito que são dois titulares, porque ambos já demonstraram capacidade para tanto. Brenno inclusive fez parte da seleção olímpica. Gabriel Chapecó tem tido atuações inteiramente seguras no arco tricolor.  

Ocorre que para o jogo desta noite no Maracanã, contra o Flamengo, o Grêmio vai a campo com uma equipe alternativa, talvez com dois ou três daqueles considerados titulares. Nestas condições, se presume que o goleiro a ser escalado será Brenno. 

A chance que Felipão lhe está concedendo poderá criar um problema para o próprio técnico e para Gabriel Chapecó. Ocorre que ambos são excelentes goleiros, apesar de jovens. Se Brenno confirmar suas atuações que o levaram à seleção brasileira olímpica, Felipão terá enorme dificuldade para decidir quem seguirá como titular. 

Leia mais
STJD mantém liminar que permite público nos jogos do Flamengo, e partidas contra o Grêmio terão torcedores
Sem cinco titulares, Grêmio divulga relacionados para partida contra o Flamengo
Flamengo x Grêmio: horário, como assistir e tudo sobre o jogo das quartas de final da Copa do Brasil

Isso porque esta posição de goleiro não permite que haja revezamento, na medida em que o atleta precisa sempre estar com ritmo de jogo. Considerando, então, que nesta noite teremos uma equipe alternativa, haverá a possibilidade de avaliarmos jogadores que não vêm atuando rotineiramente. 

Pode ser que tenhamos a chance de rever Campaz, além de outros meninos vindos da categoria de base. O importante é que contra um forte adversário possamos assistir um time valente, que jogue um futebol sério e que enfrente com muita força um adversário que, em tese, acredita muito na sua superioridade.

 
 
 
 
 
 
 
Diário Gaúcho
Busca
clicRBS
Nova busca - outros