Cacalo: Grêmio terá de buscar forças na imortalidade - Grêmio - Esporte - Diário Gaúcho

Versão mobile

 
 

Paixão tricolor08/10/2021 | 09h00Atualizada em 08/10/2021 | 09h00

Cacalo: Grêmio terá de buscar forças na imortalidade

Nos maus momentos e nas derrotas, continuo cada vez mais gremista. Mas é hora do time voltar a vencer

Cacalo: Grêmio terá de buscar forças na imortalidade Marco Favero / Agencia RBS/Agencia RBS
Alisson marcou dois gols que impediram um fiasco ainda maior na Arena, contra o Cuiabá, na quarta (6) Foto: Marco Favero / Agencia RBS / Agencia RBS
Cacalo Silveira Martins
Cacalo Silveira Martins

cacalo@diariogaucho.com.br

Fica cada vez mais difícil escrever esta coluna sem exercer críticas que não sejam contundentes acerca da situação do nosso Grêmio. No entanto como gremista de coração, tenho muita cautela, preferindo manifestar minhas opiniões, evitando fazer terra arrasada. Repito o que sempre digo, que não sou torcedor de vitórias, mas engajado com o clube, enquanto entidade.

Quero dizer com isso, que nos maus momentos e nas derrotas, continuo cada vez mais gremista. Mas, por outro lado, esperava e ainda espero que numa situação como a atual, que os responsáveis pelo clube, gremistas como eu, adotassem medidas até radicais, mas visando de imediato a recuperação do futebol tricolor.

Confesso que  não sei ainda o tamanho do buraco que nos metemos e aqui à distância, qual seria a forma de recuperação  desse problema. Gostaria de ouvir alguém de dentro do clube nos trazendo alternativas de medidas que sejam adotadas, para que o Grêmio volte a ser Grêmio.

Leia mais
Cacalo: será que Campaz não pode jogar como atacante no Grêmio?
Colunistas opinam: é hora de demitir Felipão?
Jean Pyerre agrada como segundo volante e pode ganhar novas chances no Grêmio

Penso que qualquer crítica forte de torcedores tricolores neste momento não ajudam o retorno das vitórias, embora elas venham a ser verdadeiras e talvez necessárias, dependendo da forma como seriam recebidas pela direção do clube. Há que urgentemente se fazer um diagnóstico.

É preciso saber porque estamos perdendo e só eventualmente ganhando. A partir disso, atacar de frente os problemas, colocando sempre acima de tudo o Grêmio. Qualquer espécie de vaidade pessoal neste momento, venha de onde vier, somente prejudicará ainda mais o clube.

 
 
 
 
Diário Gaúcho
Busca
clicRBS
Nova busca - outros