Guerrinha: bateu o desespero no Grêmio - Grêmio - Esporte - Diário Gaúcho

Versão mobile

 
 

Contra o Z-412/10/2021 | 07h00Atualizada em 12/10/2021 | 07h00

Guerrinha: bateu o desespero no Grêmio

Clube tenta nova cartada para fugir da zona de rebaixamento do Brasileirão

Guerrinha: bateu o desespero no Grêmio GUILHERME DIONíZIO / CÓDIGO19/ESTADÃO CONTEÚDO/CÓDIGO19/ESTADÃO CONTEÚDO
Imagem do goleiro Brenno chorando mostra o momento do Grêmio Foto: GUILHERME DIONíZIO / CÓDIGO19/ESTADÃO CONTEÚDO / CÓDIGO19/ESTADÃO CONTEÚDO

Bateu o desespero. Mais longe da porta de saída do Z-4, o Grêmio decidiu atender o clamor da maioria do seu povo que transita nas redes sociais e anunciou a saída do técnico Luiz Felipe Scolari e sua comissão técnica.

É inegável que o ex-comandante tem boa parcela de culpa na falta de resultados, mas o maior dos problemas, que segue sem ser atacado, é a falta de rendimento de vários jogadores, que vinham em baixa com outros profissionais e permanecem sendo vistos como solução de todos os problemas.

Leia mais
Grêmio convoca Elias e mais dois jogadores para partida contra o Fortaleza
Grêmio dá respaldo ao técnico interino e ao departamento de futebol para reagir no Brasileirão
Mudança no discurso e decisão da diretoria: os bastidores da saída de Felipão do Grêmio

SUBSTITUTO — Nomes é que não faltam.

Nestas últimas horas, com o cargo vago, cheio de urgência, o Grêmio tenta definir o substituto e o que não falta são nomes ligados e nem tão ligados ao clube.

Seja quem for o escolhido, certo mesmo é que ele terá a incumbência de fazer um time esforçado, mas comum, reagir imediatamente, mesmo que não tenha tempo para treinar e uma tabela que fica complicada a cada jogo sem resultados.

PERGUNTINHA
O Grêmio vai evoluir sem o Felipão?


 
 
 
 
 
 
 
Diário Gaúcho
Busca
clicRBS
Nova busca - outros