Cacalo: evolução do meio-campo é essencial para o Grêmio - Grêmio - Esporte - Diário Gaúcho

Versão mobile

 
 

Paixão Tricolor22/11/2021 | 07h00Atualizada em 22/11/2021 | 07h00

Cacalo: evolução do meio-campo é essencial para o Grêmio

Vagner Mancini encontrou uma formação adequada de acordo com a característica de seus atletas

Cacalo: evolução do meio-campo é essencial para o Grêmio LUCAS UEBEL / Grêmio / Divulgação/Grêmio / Divulgação
Volantes decidiram a vitória gremista Foto: LUCAS UEBEL / Grêmio / Divulgação / Grêmio / Divulgação
Cacalo Silveira Martins
Cacalo Silveira Martins

cacalo@diariogaucho.com.br

A boa atuação contra a Chapecoense mantém viva a esperança gremista de sair da zona de rebaixamento. Embora isso não seja plenamente assegurado, pelo menos nesta rodada a equipe se aproximou do último fora da zona.

Mais uma vez, o meio-campo tricolor comandou a boa vitória. Além de razoáveis atuações individuais, destacou-se Lucas Silva, que teve o apoio qualificado de Thiago Santos, Campaz, e a sempre preciosa ajuda de Jhonata Robert. Este se adaptou perfeitamente à função que lhe foi determinada, inclusive com ampla movimentação e deslocamentos por todos os setores do campo.

Penso que foi tão produtiva a atuação do meio-campo que dois dos três gols foram marcados por volantes. A impressão que fica é que o técnico Vagner Mancini encontrou uma formação adequada de acordo com a característica de seus atletas. E tanto isso é verdade que duas contratações de qualidade que o Grêmio fez, jogadores da seleção de seus países, começaram a partida no banco de reservas.

Leia mais
Acordo com STJD, apelo a FGF e Novelletto: como o Grêmio tenta derrubar punição à torcida
Mancini comemora vitórias consecutivas na luta contra o rebaixamento: "A partir de hoje, vislumbramos outro futuro"

De qualquer modo, percebe-se o crescimento da equipe, embora ainda esteja longe do ideal. Mas ficam renovadas as esperanças de mais vitórias e, em consequência de suficiente soma de pontos, para que possamos lutar muito para sairmos da zona maldita.

Estamos sonhando, estamos respirando, ainda com boa dose de oxigênio, na busca do lugar que o Grêmio merece estar.

 
 
 
 
 
 
 
Diário Gaúcho
Busca
clicRBS
Nova busca - outros