Cacalo: temos de acreditar num milagre para o Grêmio - Grêmio - Esporte - Diário Gaúcho

Versão mobile

 
 

Paixão Tricolor01/11/2021 | 08h00Atualizada em 01/11/2021 | 08h00

Cacalo: temos de acreditar num milagre para o Grêmio

 A missão agora é acalmar o vestiário, reunir forças e jogar todas as fichas contra o Atlético-MG

Cacalo: temos de acreditar num milagre para o Grêmio Lauro Alves / Agencia RBS/Agencia RBS
Qualquer crítica pesada que se faça neste momento, a quem quer que seja, em nada vai ajudar Foto: Lauro Alves / Agencia RBS / Agencia RBS
Cacalo Silveira Martins
Cacalo Silveira Martins

cacalo@diariogaucho.com.br

Qualquer crítica pesada que se faça neste momento, a quem quer que seja, em nada vai ajudar — além de ser de um oportunismo ímpar. Posso ter a ousadia de dizer que o Grêmio fez uma partida razoável, especialmente até os 42 minutos da primeira etapa. Houve movimentação, troca de passes e boas jogadas que culminaram no gol de Diego Souza.

Cheguei a sonhar acordado com uma vitória reabilitadora, mas fiquei no sonho. No segundo tempo, o time desandou. Como eu tenho muitas dúvidas em acreditar que a questão psicológica pode fazer um time inteiro afundar, me restrinjo à questão técnica. Porém, os dois motivos conjugados levaram a um acúmulo de jogadas erradas e marcações equivocadas. 

Leia mais
Grêmio leva virada do Palmeiras e se afunda ainda mais na zona de rebaixamento
Cotação GZH: confira as notas dos jogadores do Grêmio na derrota para o Palmeiras
"Não podemos desistir", diz Geromel após nova derrota do Grêmio pelo Brasileirão

Já disse um milhão de vezes que não responsabilizarei, jamais, um ou dois jogadores por más atuações e derrotas. Mas a questão de posicionamento é fundamental. Enquanto o Palmeiras joga com Felipe Melo, volante fixo protegendo sua zaga, o nosso primeiro volante de contenção, bom marcador, está sempre fora do lugar. 

Temos de acreditar num milagre e tomara que aconteça. As pessoas que invadiram o campo não gostam do Grêmio. E não faço mais nenhum comentário, pois o único prejudicado será o próprio Grêmio. A missão agora é acalmar o vestiário, reunir forças e jogar todas as fichas contra o Atlético-MG.  

 
 
 
 
 
 
 
Diário Gaúcho
Busca
clicRBS
Nova busca - outros