Guerrinha: ficou muito complicada a situação do Grêmio - Grêmio - Esporte - Diário Gaúcho

Versão mobile

 
 

Z-425/11/2021 | 08h00Atualizada em 25/11/2021 | 08h00

Guerrinha: ficou muito complicada a situação do Grêmio

A pequena chance de salvação passa, obrigatoriamente, por fazer a sua parte e torcer contra os adversários diretos

Guerrinha: ficou muito complicada a situação do Grêmio Jefferson Botega / Agencia RBS/Agencia RBS
Com o empate diante do desinteressado Flamengo, o Grêmio pode, no máximo, alcançar 48 pontos Foto: Jefferson Botega / Agencia RBS / Agencia RBS

Com o empate diante do desinteressado Flamengo, o Grêmio pode, no máximo, alcançar 48 pontos, desde que consiga quatro vitórias nos jogos que restam. O que não é impossível no mundo da bola, mas muito pouco provável pela qualidade dos adversários.

 Confira a classificação e os jogos do Brasileirão 

A pequena chance de salvação passa, obrigatoriamente, por fazer a sua parte e torcer para que os principais rivais — Bahia, Juventude e Atlético-GO — fiquem sem gasolina.

Leia mais
Bahia confia em Gilberto e Rossi para superar defesa do Grêmio em Salvador
Perda de mando, jogos descontados e multa: os cenários para o Grêmio no julgamento do STJD

CRÍTICAS

O pau cantou. Boa parte da torcida do Flamengo ficou na bronca com o técnico Renato Portaluppi pela mudança de Vitinho por um volante, quando seu time vencia por 2 a 0 e tinha um homem a mais. Se o Mengão não faturar a Libertadores, o comandante vai viver dias bem tensos com a nação.

 
 
 
 
Diário Gaúcho
Busca
Imprimir
clicRBS
Nova busca - outros