Luciano Périco: o problema que o Grêmio precisa encarar de frente - Grêmio - Esporte - Diário Gaúcho

Versão mobile

 
 

Foco, força e fé03/11/2021 | 09h00Atualizada em 03/11/2021 | 09h00

Luciano Périco: o problema que o Grêmio precisa encarar de frente

Além de melhorar o futebol, o Tricolor terá que trabalhar o lado psicológico na reta final do Brasileirão

Luciano Périco: o problema que o Grêmio precisa encarar de frente SILVIO AVILA / POOL/AFP/POOL/AFP
Ferreira deve retornar ao time gremista em Belo Horizonte Foto: SILVIO AVILA / POOL/AFP / POOL/AFP

Uma palavra longa e pouco conhecida de muita gente também pode ser utilizada para explicar a fase terrível vivida pelo Grêmio na atual temporada: autossabotagem. 

O que isso significa na prática? É um problema psicológico, que ocorre quando se cria na mente uma série de obstáculos e problemas, impedindo o indivíduo de atingir um objetivo. Tal situação aumenta a falta de foco e a baixa autoestima. 

Por isso, a autossabotagem pode ser uma das explicações porque o Tricolor toma um gol e desaba nos jogos. Não têm forças para reverter dificuldades. Problema de cabeça. Claro que a falta de qualidade do futebol no Brasileirão é outra causa da campanha de Z-4. 

Leia mais
Grêmio identifica 22 invasores e traça estratégia para não perder mando de campo no Brasileirão 
De Minas Gerais a Porto Alegre: de onde o Grêmio pode tirar pontos para permanecer na Série A do Brasileirão
É hora de o Grêmio ter coragem e radicalizar na escalação

Mas a vitória sobre o Flamengo, no Maracanã, mostrou que é possível fazer mais. Para buscar a salvação, além de melhorar o desempenho, o Grêmio precisa colocar os pensamentos no lugar. 

Encarar o líder Atlético-MG, no Mineirão com grande público, será prova de fogo para o psicológico do Grêmio.

 
 
 
 
Diário Gaúcho
Busca
clicRBS
Nova busca - outros