José Augusto Barros: as importantes declarações de Diego Souza - Grêmio - Esporte - Diário Gaúcho

Versão mobile

 
 

Paixão Tricolor18/01/2022 | 09h00Atualizada em 18/01/2022 | 09h00

José Augusto Barros: as importantes declarações de Diego Souza

Centroavante concedeu entrevista na última segunda-feira

José Augusto Barros: as importantes declarações de Diego Souza Lucas Uebel / Grêmio/Divulgação/Grêmio/Divulgação
Acompanhei a repercussão em GZH da entrevista de Diego Souza, na segunda-feira (17) Foto: Lucas Uebel / Grêmio/Divulgação / Grêmio/Divulgação

Acompanhando a repercussão em GZH da entrevista de Diego Souza, na segunda-feira (17), pincei boas declarações e tive uma impressão positiva das falas do atacante, que tem sido um de nossos goleadores nas últimas temporadas. Depois de ter tido sua saída anunciada pela direção, após o rebaixamento, ele acabou sendo procurado para permanecer em 2022, temporada que pode marcar até sua aposentadoria, já que ele havia cogitado pendurar as chuteiras em 2021, mas mudou de ideia.

Evidentemente, acompanhei as polêmicas de bastidores do ano passado, que davam conta que Diego seria um dos caras que não facilitaram muito a relação com os treinadores depois da saída de Renato, mas, mais uma vez, reforço minha posição: no meio do futebol, essas situações sempre acontecerão e quem tem que administrá-las é a direção, que sabe como o futebol brasileiro funciona.

Por isso, acho importantes as declarações de Diego, que deixam bem claro, mesmo que implicitamente, que o clube teve imensos problemas de vestiário em 2021, que nos levaram ao inacreditável rebaixamento. Sei que Diego teve problemas de peso no ano passado, atuações ruins e alguma influência na nossa situação, mas acho a direção agiu bem em procurá-lo para renovar. Em um campeonato como a Série B, ele será peça importante para nossa volta, pelo seu perfil. Aliás, em se tratando de Série B, poucos clubes têm jogadores como ele.

Leia mais
Athletico-PR alega descumprimento de contrato e cogita acionar Jean Pyerre na CBF
Vice de futebol do Grêmio elogia futuro adversário na Copa do Brasil: "Foi um osso duro de roer no Paulistão"
Diego Souza revela que rebaixamento do Grêmio o fez rever aposentadoria: "Dar a volta por cima"

— O ano passado foi um ano muito difícil, em que caímos para a Série B, onde todos nós tivemos nossa parcela de culpa. Mas a prioridade da minha carreira sempre foi permanecer aqui. Teve um primeiro contato, que não teve sucesso, mas logo na sequência o Denis (Abrahão) entrou em contato comigo e a gente conseguiu resolver rapidamente — disse.


Apesar do acerto pela permanência, o centroavante teve sua saída anunciada pelo clube, junto dos laterais Rafinha e Bruno Cortez. Em um primeiro momento, o experiente atleta havia referido que encerraria a carreira ao final da temporada. Depois, como estava livre no mercado, abriu tratativas com o Sport, mas voltou atrás para selar seu retorno ao Tricolor

 
 
 
 
 
 
 
Diário Gaúcho
Busca
clicRBS
Nova busca - outros