Luciano Périco: o longo caminho que o Grêmio precisa percorrer em 2022 - Grêmio - Esporte - Diário Gaúcho

Versão mobile

 
 

Recomeço11/01/2022 | 08h00Atualizada em 11/01/2022 | 08h00

Luciano Périco: o longo caminho que o Grêmio precisa percorrer em 2022

Voltar à Série A é o grande desafio do Tricolor na temporada que está começando 

Luciano Périco: o longo caminho que o Grêmio precisa percorrer em 2022 Lucas Uebel / Grêmio/Divulgação/Grêmio/Divulgação
Argentino Benítez foi uma das novidades na reapresentação gremista Foto: Lucas Uebel / Grêmio/Divulgação / Grêmio/Divulgação

Com algumas ausências de atletas positivados para a covid-19, a temporada 2022 começou para o grupo principal do Grêmio nesta segunda-feira (10). Só há um objetivo óbvio na Arena. Voltar para a Série A. Gauchão e Copa do Brasil estarão em segundo plano. Não há contestação quanto a isso. 

O que vier a mais do que o acesso, será lucro. Ao contrário do que foi falado pelo presidente Romildo Bolzan Jr na sua manifestação, o fiasco do rebaixamento não foi um acidente. Trinta e sete  rodadas entre os quatro últimos da tabela do Brasileirão 2021 não foi por acaso. No final, veio como castigo pela incompetência de todos. 

O grupo gremista sofreu muitas alterações. Vários atletas deixaram a Arena. Neste aspecto, a permanência de Diego Souza foi a melhor opção para o ataque. Era difícil encontrar um goleador para a Série B, e estando bem fisicamente, aposto que será um dos destaques da competição. 

Leia mais
Grêmio traça perfil para contratar novo zagueiro
Grêmio se reapresenta, e Mancini promete "suor e luta" para devolver clube à Série A
Grupo de transição do Grêmio segue preparação para estreia no Gauchão 

Ainda sem Kannemann, Bruno Alves desembarca para ser o parceiro de Geromel. Será preciso buscar mais um zagueiro. Orejuela e Nicolas chegam para serem os laterais. E Benítez terá a dura missão de ser o articulador. O argentino precisar entregar mais do que apresentou no Vasco e São Paulo. Dos atletas que ficaram, ainda há muitas arestas para aparar. A principal é com Douglas Costa. Ajustar a parte financeira e cobrar um foco do atleta. Qualidade, o camisa 10 tem de sobra. Só precisa estar comprometido.

 
 
 
 
 
 
 
Diário Gaúcho
Busca
clicRBS
Nova busca - outros