Cacalo: mais um jogo perigoso para o Grêmio na Arena - Grêmio - Esporte - Diário Gaúcho

Versão mobile

 
 

Paixão Tricolor06/06/2022 | 07h00Atualizada em 06/06/2022 | 07h00

Cacalo: mais um jogo perigoso para o Grêmio na Arena

Partida será mais difícil pela oscilação do próprio Tricolor do que pela qualidade do Novorizontino

Cacalo: mais um jogo perigoso para o Grêmio na Arena Lucas Uebel / Grêmio/Divulgação/Grêmio/Divulgação
Rendimento do time de Roger Machado tem ficado abaixo do esperado Foto: Lucas Uebel / Grêmio/Divulgação / Grêmio/Divulgação
Cacalo Silveira Martins
Cacalo Silveira Martins

cacalo@diariogaucho.com.br

Todas as partidas do Grêmio apresentaram, até agora, uma dose de perigo, por uma série de razões. A primeira delas e talvez a mais importante é que o Tricolor vem oscilando muito, às vezes dentro do próprio jogo. Assim tem sido as últimas atuações, com lances produtivos e também com momentos de extrema dificuldade.

Na última partida, contra o Vasco, tivemos um exemplo que ilustra bem a oscilação da equipe. Após muita luta e esforço, quase perdemos o jogo nos acréscimos do segundo tempo, quando o adversário colocou uma bola no travessão.

No sábado (4), me dediquei a assistir o Novorizontino, próximo adversário gremista, em jogo que será às 21h30min desta terça-feira (7), na Arena. Sem desmerecer a equipe paulista, confesso que o Grêmio vai a campo com plenas chances de somar três pontos. 

Leia mais
Roger perde a paciência com erros dos jogadores e encerra treino do Grêmio
Bahia vence, e Grêmio fica a quatro pontos do G-4 da Série B
Desenho tático: as primeiras impressões do Grêmio no esquema 3-4-3

Claro que temos que temos de tomar todos os cuidados possíveis, porque não há jogo jogado, mas me recuso a crer que com o elenco que tem, motivado, o Tricolor deixe de alcançar a vitória. A equipe está amadurecendo na convivência com o novo esquema e terá o apoio da nação gremista. Por isso, acredito em uma vitória tricolor. 

E uma vitória é muito importante, para evitar o distanciamento do G-4 da Série B. Precisamos jogar com tanque cheio, buscando incessantemente a vitória. Mas um detalhe me parece relevante: o time deve manter sua estrutura, atacar quando for possível, sem dar espaço para o contra-ataque.

 
 
 
 
 
 
 
Diário Gaúcho
Busca
clicRBS
Nova busca - outros