Guerrinha: o esforço do Grêmio para pontuar deve ficar menor com a chegada de reforços - Grêmio - Esporte - Diário Gaúcho

Versão mobile

 
 

Está virando tortura25/06/2022 | 08h00Atualizada em 25/06/2022 | 08h00

Guerrinha: o esforço do Grêmio para pontuar deve ficar menor com a chegada de reforços

Time tricolor tem muitos operários e nenhuma criatividade

Guerrinha: o esforço do Grêmio para pontuar deve ficar menor com a chegada de reforços LUCAS UEBEL / Gremio.net/Gremio.net
Grêmio ficou no empate com o CSA na última rodada da Série B Foto: LUCAS UEBEL / Gremio.net / Gremio.net

Está virando tortura. A cada jogo do Grêmio, especialmente longe da Arena, fica escancarado que o time precisa gastar suor acima do normal para, no máximo, conquistar empates contra adversários de pouca qualidade.

Esse esforço, que deixa o torcedor com a pulga atrás da orelha, pode e deve ficar menor com a chegada de reforços para um time que, atualmente, tem muitos operários e nenhuma criatividade. Se seguir como está, vai sofrer até a última rodada da Segundona.

Leia mais
Ferreira avança em recuperação e pode reforçar o Grêmio contra o Bahia
Ex-jogador do Grêmio critica Renato Portaluppi e cita atrito com Zé Roberto: "Implicância"


 
 
 
 
Diário Gaúcho
Busca
clicRBS
Nova busca - outros