Luciano Périco: com pouco futebol, o Grêmio é um time inconfiável na Série B - Grêmio - Esporte - Diário Gaúcho

Versão mobile

 
 

Um ponto24/06/2022 | 06h00Atualizada em 24/06/2022 | 06h00

Luciano Périco: com pouco futebol, o Grêmio é um time inconfiável na Série B

Tricolor ficou apenas no empate em 1 a 1 contra o fraco CSA

Luciano Périco: com pouco futebol, o Grêmio é um time inconfiável na Série B LUCAS UEBEL / Gremio.net/Gremio.net
A posição do G-4 está em risco para o Grêmio Foto: LUCAS UEBEL / Gremio.net / Gremio.net

A etapa inicial do Grêmio no Rei Pelé foi um verdadeiro filme de terror. Atuação pavorosa da equipe de Roger Machado. Nem parece um grupo que treina todos os dias. Problemas claros na criação de jogadas e uma marcação frouxa no meio-campo. O fraco CSA, que entrou em campo como o primeiro time fora do Z-4, começou a partida se impondo. Os donos da casa foram para o intervalo com a vantagem de 1 a 0.

Confira a classificação e os jogos da Série B 

O Tricolor melhorou um pouco na volta do intervalo. Até porque não tinha como ser pior. Com o tempo, os alagoanos começaram a cansar. A entrada de Campaz deu mais dinâmica. Muito cedo, o Grêmio buscou o empate com Janderson. Só que o atacante continua não apresentando um futebol suficiente para ser titular. 

O goleiro Marcelo Carné fez defesas importantes. Mas as duas equipes tiveram chances de ficar com os três pontos. Quase no final, o CSA carimbou a trave de Gabriel Grando.

Leia mais
Grêmio busca empate com o CSA, mas terá de secar rivais para seguir no G-4
Janderson valoriza reação do Grêmio em empate com o CSA: "Ponto importante fora de casa"
Cotação GZH: confira as notas dos jogadores do Grêmio no empate com o CSA

O empate em Maceió apenas confirmou que o Tricolor permanece sendo um time totalmente inconfiável. Correu um grande risco de trazer uma derrota na bagagem. Não mete medo nos adversários. Deixo uma pergunta. Até quando, Roger Machado vai insistir com Biel? Teimosia pura. 

O trabalho do treinador gremista está aquém do esperado. Claro que o elenco que tem à disposição tem muitas carências. Mas é preciso entregar mais, porque a régua de exigência da Série B é baixíssima. 

A posição do G-4 está em risco. O Brusque terá de segurar o Sport no sábado (25). Além disso, Cruzeiro, Vasco e Bahia podem se afastar mais ainda nos três primeiros lugares. Fica a impressão de que só restará ao Grêmio brigar pela quarta vaga. É preciso se ligar logo para não acordar tarde demais. 

 
 
 
 
 
 
 
Diário Gaúcho
Busca
clicRBS
Nova busca - outros