Guerrinha: o degrau que o Grêmio precisa subir em Salvador não é nada pequeno - Grêmio - Esporte - Diário Gaúcho

Versão mobile

 
 

Adversário direto02/07/2022 | 08h00Atualizada em 02/07/2022 | 08h01

Guerrinha: o degrau que o Grêmio precisa subir em Salvador não é nada pequeno

Claro que o Tricolor quer vencer o Bahia, mas o empate é um resultado nada desprezível

Guerrinha: o degrau que o Grêmio precisa subir em Salvador não é nada pequeno Lucas Uebel / Grêmio/Divulgação/Grêmio/Divulgação
Roger terá uma pedreira pela frente Foto: Lucas Uebel / Grêmio/Divulgação / Grêmio/Divulgação

O degrau não é pequeno.

Neste domingo (3), em Salvador, o Grêmio, animado com o G-4, sem risco de sair de lá, visita o Bahia, adversário direto, num jogo em que vai precisar tomar todos os cuidados se quiser pontuar e dar um importante passo rumo ao objetivo. 

Claro que o Tricolor quer vencer, mas a tarefa é uma verdadeira pedreira e, por isso, o empate é um resultado nada desprezível e que, caso aconteça, será festejado.

Leia mais
Diego Souza elogia novo esquema do Grêmio: "Mais oportunidades para mim"
Enderson Moreira tem nome divulgado no BID e fará estreia como técnico do Bahia diante do Grêmio
Com proposta do Atlético-GO, Ricardinho aguarda resposta do Grêmio para definir futuro


 
 
 
 
 
 
 
Diário Gaúcho
Busca
clicRBS
Nova busca - outros