Zé Victor Castiel: "A correta ordem das coisas" - Inter - Esporte - Diário Gaúcho

Versão mobile

Paixão Colorada30/11/2016 | 07h44Atualizada em 30/11/2016 | 07h44

Zé Victor Castiel: "A correta ordem das coisas"

Zé Victor Castiel: "A correta ordem das coisas" Camila Domingues/Especial
Foto: Camila Domingues / Especial
Zé Victor Castiel
Zé Victor Castiel

castiel.ze@gmail.com

A tragédia que se abateu sobre o futebol brasileiro coloca, desgraçadamente, as coisas em sua devida ordem de importância.

Não existe nada mais significativo do que o imenso pesar pela perda de jovens jogadores, grandes profissionais técnicos e membros da imprensa esportiva.

Não consigo e não quero, neste momento, lamentar pelo virtual rebaixamento do Internacional. Não tenho o menor ânimo para buscar responsáveis pelos péssimos resultados do meu time e seu total fracasso ao longo da temporada de 2016.

Sapiente, desta vez, a CBF, que adiou a última rodada do Campeonato Brasileiro para que todos os envolvidos com futebol, sejam eles torcedores ou profissionais, possam aproveitar esse tristíssimo momento para refletir sobre o imponderável da perda e da dor.

Quanto mais avaliarmos, mais chegaremos à constatação de como pensamos pequeno quando nos envolvemos com disputas menores sobre rivalidade no esporte.

Esta é a hora de pensarmos sobre como o futebol pode ser agradável e solidário.

Não importam rebaixamentos, campeonatos, drones, títulos e outras coisas minúsculas.

Nada é mais importante
Me invade, neste momento, um enorme sentimento de solidariedade e a vontade de poder entender que uma vitória ou insucesso no futebol é infinitamente inferior do que a tragédia da Chapecoense.

Acreditem, amigos, nada é mais importante.

Leia outras colunas da Paixão Colorada

*Diário Gaúcho

 
 
 
Diário Gaúcho
Busca
clicRBS
Nova busca - outros