Zé Victor Castiel: "Infelizmente, vamos com os reservas"  - Inter - Esporte - Diário Gaúcho

Versão mobile

Paixão Colorada01/11/2016 | 07h56Atualizada em 01/11/2016 | 08h08

Zé Victor Castiel: "Infelizmente, vamos com os reservas" 

Zé Victor Castiel: "Infelizmente, vamos com os reservas"  André Ávila/Agencia RBS
Foto: André Ávila / Agencia RBS
Zé Victor Castiel
Zé Victor Castiel

castiel.ze@gmail.com

O inesperado empate contra o Santa Cruz, no último fim de semana, faz com que algumas providências sérias sejam tomadas pelo Internacional. A mais urgente, infelizmente, é escalar time alternativo contra o Atlético-MG amanhã.

Leia outras colunas da Paixão Colorada

Escrevo "infelizmente" porque, em condições normais e com a experiência do primeiro jogo, não seria totalmente absurda uma classificação à final da Copa do Brasil. Acontece que não existe mais nenhuma margem para erro em relação ao Brasileirão. Não se pode mais suportar o que aconteceu, por exemplo, no último sábado. O Colorado precisa pontuar e não acho impossível que isso possa acontecer contra Palmeiras e Corinthians, em São Paulo.

Os dois jogos que ainda faltam ao Internacional em casa são perfeitamente vencíveis, mas seria muito mais justo com a torcida que as coisas se decidissem o mais rápido possível. Tenho admiração e respeito por Celso Roth e penso que está na hora de abandonar algumas convicções que não têm se mostrado eficientes.

A que mais salta aos olhos é a escalação incondicional de Alex. Mesmo que esse jogador tenha grandes serviços prestados, ele não possui mais a mesma condição técnica e física de anos anteriores.

Falo de Anderson
Nem me refiro a Seijas, cuja a reserva decorre de uma convicção fechada do treinador. Falo de Anderson, que fez duas boas partidas — contra Atlético-MG e Santa Cruz — e poderia estar dando mais velocidade, consistência e qualidade ao meio-campo do Colorado.

*Diário Gaúcho

 
 
 
Diário Gaúcho
Busca
clicRBS
Nova busca - outros