Zé Victor Castiel: "Jogo com a Ponte será de vida ou morte" - Inter - Esporte - Diário Gaúcho

Versão mobile

Paixão Colorada07/11/2016 | 08h25Atualizada em 07/11/2016 | 08h25

Zé Victor Castiel: "Jogo com a Ponte será de vida ou morte"

Zé Victor Castiel: "Jogo com a Ponte será de vida ou morte" Ricardo Duarte/Divulgação
Foto: Ricardo Duarte / Divulgação
Zé Victor Castiel
Zé Victor Castiel

castiel.ze@gmail.com

Diante do que a torcida do Internacional assistiu, perplexa, ontem à tarde no Allianz Parque, em São Paulo, só resta ao time e aos jogadores colocar a cabeça no lugar. Aproveitarem esses próximos 11 dias que terão para treinar e focar todos os seus pensamentos no jogo contra a Ponte Preta, na quinta-feira da semana que vem. 

A partida de ontem escancarou, mais uma vez, aquilo que vemos se repetir a cada rodada do Brasileirão: o Internacional até que joga razoavelmente bem, mas acaba levando um gol infantil. Gol de escanteio é inadmissível. Depois disso, o que vimos foi, mais uma vez, o Internacional completamente desorientado e sem conseguir realizar jogadas agudas de ataque.

O resultado de tudo isso foi a volta melancólica para a zona de rebaixamento do Campeonato Brasileiro.O Colorado teve apenas uma jogada que levou perigo ao gol do Palmeiras: um ataque em que Anderson conseguiu uma vitória pessoal entre três defensores, mas acabou concluindo atabalhoadamente pela linha de fundo. Muito pouco. Pouquíssimo para um clube do tamanho do Internacional.

Leia outras colunas da Paixão Colorada

Avaliação do trabalho

Restam agora 11 longos dias de agonia até a próxima partida, que será de vida ou morte no Beira-Rio. Vencer a Ponte Preta, agora, é, literalmente, um caso de vida ou morte. Mesmo que, por ventura, o Internacional consiga escapar de ser rebaixado neste ano de 2016, não poderemos fugir a uma séria avaliação do trabalho de quem colocou o clube nesta situação.

*Diário Gaúcho

 
 
 
Diário Gaúcho
Busca
clicRBS
Nova busca - outros