Zé Victor Castiel: "O Inter não se ajuda" - Inter - Esporte - Diário Gaúcho

Versão mobile

Paixão Colorada18/11/2016 | 09h12Atualizada em 18/11/2016 | 09h12

Zé Victor Castiel: "O Inter não se ajuda"

Zé Victor Castiel: "O Inter não se ajuda" André Ávila/Agencia RBS
Foto: André Ávila / Agencia RBS
Zé Victor Castiel
Zé Victor Castiel

castiel.ze@gmail.com

O Inter não se ajuda. Contra a Ponte Preta, ontem, mais uma vez saiu ganhando e, numa demonstração de erro crasso na leitura da partida, recuou. Preferiu tentar garantir a fragilidade do resultado imparcial a ir para cima e definir. O resultado era muito previsível: sofreu o empate de escanteio, com a zaga inteira assistindo. Esse não é o Inter. Esse é o resultado da falta de ambição. 

Após o jogo, foi confirmada a demissão do técnico Celso Roth. Ele não poderia mais permanecer. Teremos novo técnico para as próximas três partidas. Se vai funcionar, dependerá da mobilização a partir de agora. 

Coisa mais certa, daqui por diante, é que o Inter tem que se focar em vencer seus próximos três compromissos pelo Campeonato Brasileiro. Tenho certeza de que isso será extremamente difícil, mas não há outra alternativa.

Este esforço final deve ser a profissão de fé de jogadores e comissão técnica. 

A torcida não merece entrar o ano de 2017 sabendo que disputará a Série B.

O Inter é muito grande para ser resignar. Rebeldia é a palavra que deve nortear as estratégias do clube a partir deste momento. Começando pela torcida e indo até os gabinetes do presidente Piffero. Vamos nos rebelar contra uma situação incômoda que se colocou ao nosso time e que, com garra e vontade de vencer, vamos ultrapassar.

Combustível

Indignação pode ser, em determinadas situações, um combustível potente para impulsionar o Internacional para um desfecho favorável, mesmo num cenário apavorante.

Leia outras colunas da Paixão Colorada

*Diário Gaúcho

 
 
 
Diário Gaúcho
Busca
clicRBS
Nova busca - outros