Zé Victor Castiel: "A hora das negociações" - Inter - Esporte - Diário Gaúcho

Versão mobile

 

Paixão colorada19/12/2017 | 07h01Atualizada em 19/12/2017 | 07h01

Zé Victor Castiel: "A hora das negociações"

Inter começa a tratar das chegadas e partidas de jogadores no seu grupo

Zé Victor Castiel: "A hora das negociações" Nelson Perez/Fluminense, Divulgação/
Foto: Nelson Perez/Fluminense, Divulgação
Zé Victor Castiel
Zé Victor Castiel

contato@zevictorcastiel.com

Começam a surgir notícias das primeiras transações de jogadores para a temporada de 2018. Alguns atletas que se reapresentam já têm destino. São os casos de Aylon, que vai defender o América-MG, e Eduardo, que jogará pelo Figueirense. Especula-se, também, uma possível troca por empréstimo com o Fluminense, envolvendo Sasha e Welington Silva. Outro negócio em pauta é uma troca, também por empréstimo, com o Palmeiras, envolvendo Nico López e Roger Guedes.

É preciso muita cautela com este tipo de permuta, principalmente quando inclui-se na negociação um jogador como Nico, que inegavelmente possui muito potencial. Cautela, também, para a negociação de jogadores mais caros. Como são os casos de Paulão, Anderson e Seijas, por exemplo.

O Internacional sonha com a possibilidade de contar com Montoya. Esta é uma negociação complicada, na medida em que existem outros clubes na parada. Boca Juniors e River Plate também querem o jogador, e tudo dependerá da criatividade com que for concebida a oferta.

É preciso reforçar

Gostaria de saber se existe a possibilidade de aproveitamento de jogadores da base do clube. Certamente alguns nomes foram observados. O mais importante é que o Internacional tenha clara a necessidade de suprir deficiências e que as escolhas recaiam sobre jogadores que conheçam e valorizem história e grandeza do Colorado.

Todos somos sabedores das dificuldades financeiras do Inter, mas pelo menos três reforços precisam chegar.

 
 
 
 
 
 
 
Diário Gaúcho
Busca
clicRBS
Nova busca - outros