Zé Victor Castiel: "Em busca da definição de três problemas" - Inter - Esporte - Diário Gaúcho

Versão mobile

 

Paixão Colorada26/12/2017 | 07h20Atualizada em 26/12/2017 | 07h20

Zé Victor Castiel: "Em busca da definição de três problemas"

Direção do Inter terá de negociar o futuro de Anderson, Paulão e Seijas, que voltam de empréstimos

Zé Victor Castiel: "Em busca da definição de três problemas" Camila Domingues/Especial
Anderson não demostra ter motivação para tocar adiante sua carreira Foto: Camila Domingues / Especial
Zé Victor Castiel
Zé Victor Castiel

contato@zevictorcastiel.com

Iniciando a última semana de trabalho do ano e com ela a obrigação de deixar no passado os erros, para tentar acertar mais. Isso também vale para o futebol.

Entender os equívocos cometidos nas disputas de 2017, mesmo que as dificuldades tenham sido praticamente herdadas de 2015 e 2016, é uma necessidade da diretoria.

O planejamento feito e que ora está sendo colocado em prática não deve prescindir de uma profunda avaliação, para que as tomadas de decisão recaiam sobre boas escolhas.

O enfrentamento do grande problema que é desfazer-se de jogadores que pertencem ao clube e que não fazem parte dos planos já está sendo implementado. A maioria deles já está com  o futuro definido em outros times.

Falta, no entanto, a definição dos três problemas mais importantes: Seijas, Anderson e Paulão. Os altos salários e os contratos em vigor, fazem antever muitas negociações e estratégias. 

Paulão, dos três, parece o problema de solução mais tranquila, já que existe um real interesse do Vasco em continuar com ele.

Anderson

Seijas, que não foi bem no Inter e na Chapecoense, parece ter um mercado aberto em países da América do Sul. 

Já Anderson, que acabou novamente rebaixado com o Coritiba, é um atleta que não parece com motivação para tocar sua carreira adiante. Tem uma situação confortável de mais um bom tempo de contrato com o Inter, percebendo um alto salário.

No caso de Anderson, a diretoria terá de trabalhar com muita cautela para chegar a um denominador satisfatório para o clube, sob pena de ter que manter o jogador treinando e despendendo grande quantia em dinheiro. O que, certamente, seria um entrave ao  objetivo de  qualificar o elenco colorado.

 

Vídeos recomendados para você

 
 
 
 
 
 
Diário Gaúcho
Busca
clicRBS
Nova busca - outros