Neto Fagundes: "Inter mostrou que tem vontade e condições de vencer" - Inter - Esporte - Diário Gaúcho

Versão mobile

 

Paixão colorada13/03/2018 | 07h35Atualizada em 13/03/2018 | 07h35

Neto Fagundes: "Inter mostrou que tem vontade e condições de vencer"

Aos poucos, time vai entendendo o que o técnico Odair quer e onde ele pretende chegar

Neto Fagundes: "Inter mostrou que tem vontade e condições de vencer" Fernando Gomes/Agencia RBS
Time capitaneado por D'Alessandro mostrou poder de reação no segundo tempo do Gre-Nal do Beira-Rio Foto: Fernando Gomes / Agencia RBS

 Nunca é bom competir e não ganhar, mas podemos aprender com as derrotas, tirarmos desses momentos o ensinamento para outros desafios, e o desafio do Inter, agora, é não perder mais no Gauchão. Temos dois Gre-Nais pela frente. 

O primeiro será na Arena e o segundo, no Beira-Rio. Com certeza, será um momento histórico.

O Inter, diferentemente do Grêmio, ainda é um time em formação, mas já demonstrou no segundo tempo do Gre-Nal que tem vontade de vencer e condições de vencer. Aos poucos, vai entendendo o que o treinador quer e onde ele quer chegar. Com a presença do Leandro Damião e do Pottker, o Inter ganha em velocidade e marcação, duas coisas que tornam uma equipe forte para competir. 

Tem um colorado muito gente fina que criou um grupo de amigos para trocarmos informações e notícias sobre o Sport Clube Internacional. Carlos Cardoso é o nome da fera. Ali estão renomados colegas de música, teatro, rádio e televisão, mas só para falar de Inter, sem promoções próprias. Às vezes, dá umas roscas, mas tudo é resolvido na mesma hora. 

Só para citar alguns nomes desse time que estão por lá: Tânia Carvalho, Serginho Moah, André Damasceno, Elton Saldanha, Vera Armando, Cristina Sorrentino, Gaúcho da Fronteira, Pirisca Grecco, Ernesto Fagundes e grande elenco. Grande mesmo, faltou muita gente para citar aqui: Dorotéo, João Luiz Corrêa, Zé Natálio, Jairo Reis, Raul Quiroga e muito mais. Baita ideia do Cardoso.

Cônsul do Internacional

Recebi meu título de Cônsul do Internacional das mãos do jogador Fernandão, no seu restaurante aqui em Porto Alegre. Cheguei com a minha família, e ele nos recebeu na porta com sua elegância e educação. Era um craque dentro e fora dos campos, um jogador que elevou o nível do futebol brasileiro com muito talento e raça. Nunca um torcedor do Inter deixará de ouvir o grito dele ecoando no Beira Rio: "Vamos, vamos, Inter!!" Vamos continuar cantando alto, bem como pediu o Fernandão. 

Um forte abraço para o Jair, "O Príncipe Jajá ", sempre presente em todos os jogos do Internacional, torcendo e se emocionando com o time que ele tantas vezes defendeu. Sempre que encontramos com ele, estamos encontrando uma página importante no livro da vida do Inter.

 

Vídeos recomendados para você

 
 
 
 
 
 
Diário Gaúcho
Busca
clicRBS
Nova busca - outros